A revolta de Garibaldi e o pesadelo dos Barros

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

É quase certo, por outro lado, que muitos repudiam a manifestação em momento tão sagrado. Principalmente os escribas e suas penas digitais.

Era uma vez, uma bela jovem, cujo sonho era se casar de princesa em um lindo palácio. Seu sonho se concretizaria quando sua mãe fosse alçada ao cargo de duquesa das Araucárias, tornando-se parte do ducato dos Richas, e seu pai conquistasse o título de Dom Ministro da Saúde, patrono das empresas privadas, na Era Temer, um monarca voltado para agradar a aristocracia Cisnes Amarelos.

Como se fosse o seriado “Once Upon a Time”, o passado e o presente se confundem belamente. A noiva aluga sua pequena catedral no centro da República de Curitiba, terra das Araucárias imperiais, e em seguida recebe os convidados no Palácio Garibaldi, no nostálgico Largo da Ordem.

Na adaptação, a carruagem movida a puros sangues cede lugar a um elegante modelo branco clássico da marca Rolls Royce Silver Wraith 1955. Uma limusine que passou a ser produzida após a II Guerra Mundial para transportar chefes de estado. As taças e talheres são do mais fino cristal e fina prata com toques dourados. Os fraques são substituídos por belos ternos cortados e camisas e gravatas de seda. Já as damas trocam os vestidos de grandes frisas por peças justas e decotadas que possam evidenciar corpos esculpidos em salas de tonificação dos músculos contemporaneamente conhecidas como academias.

No centro disso tudo, a noiva, linda, jovial, com a face mais branca do que a carne de uma maçã gala. Seu longo vestido branco é bem comportado, como se recomenda a uma dama da sociedade. As transparências dão lugar a delicado bordado em volta do dorso que disputa atenção apenas com os lábios discretamente delineados. A sobriedade se completa com o véu que remete a uma coroa cristã pintada pelos mais zelosos florentinos. É a imagem da santa vitoriosa, como o nome da noiva indica, sobre todos os percalços que a vida impõe nessa matilha que é a Ilha de Vera Cruz.

 Contudo, os fantasmas dos Garibaldis não gostaram de tanto ostentação da nobre corte paranaense em um momento de sacrifícios e dores para o povo. A celebração ocorreu na semana em que direitos trabalhistas foram retirados em massa, devolvendo os labutadores quase cem anos no tempo. Na semana em que o grande monarca Michel Temer, que usurpou o poder da presidente Dilma Rousseff, uma espécie de princesa Merida tupiniquim, era salvo de denúncia de corrupção por vassalos parlamentares em troca de moedas e emendas de ouro. Na semana em que o proletário Lula, o presidente libertador da fome do povo, era condenado sem provas por um inquisidor Moro. Tudo isso reunido fez com que os Garibaldis lançassem uma maldição: “Seu casamento será lembrado na história como a ‘noite das ovadas’ e a desforra aos Barros”. Eis a data: 14 de julho de 2017.

Pobre noiva, pensaram uns. Que males podem cair sobre seus ombros para merecer tal infortúnio e reprovação dos plebeus? Desavisados desconhecem que a noiva pertence a um clã cujas riquezas aumentam na medida que o pão e o circo faltam aos populares.

Ela é filha da duquesa que chancela o governo dos Richas quando esse toma a aposentadoria dos servidores, aumenta impostos e distribui os lucros entre os ricos do condado paranaense. Já seu pai traiu o governo que participava apenas para ganhar um novo título e mais poder. Dom Barros – o doente – é capaz de cortar recursos do sistema de saúde que atende a população e ainda falar que os médicos têm preguiça de trabalhar. Para ele, se cogita, uma peste negra seria um importante aliado na redução da demanda por atendimento público.

A própria princesa noiva também tem seus devaneios. Ela, cujo primeiro labor já foi na corte dos deputados, votou por tirar benefícios dos mais pobres no programa conhecido como Bolsa Família. Contrariando seu santo nome e toda a proximidade que carrega com os mais humildes, Maria Victória disse que ao povo não se pode dar nada, mas ele deve lutar para conquistar, como se a pobreza fosse uma punição divina.Contra auxílios moradias de togados, evidentemente, sua cândida voz não se levanta. Foram insanas palavras ditas por uma dama que é transportada por carruagens brancas, mas também por veículos grandes e pretos, conhecidos como caveirões, para votar pela retirada de direitos daqueles que jurou servir.

A reação da plebe a corte é quase natural. É a resposta à dama que pesquisava vestido de noiva em abril de 2015 enquanto ao povo a polícia distribuía bombas e gás de pimenta para impedir que eles impedissem a votação que lhes tomara R$ 2 bilhões de seus cofres. Dessa vez, no entanto, as bombas deram lugar ao véu de ovos e a opulência da data está marcada pela vulgaridade de quem escolhe governar zombando de seu povo. Pobre é a elite que acredita poder se fechar em castelos e distante da ralé.

É quase certo, por outro lado, que muitos repudiam a manifestação em momento tão sagrado. Principalmente os escribas e suas penas digitais. Mas também é quase certo que se dependesse desses, Dom Pedro I não teria dado seu grito às margens do Ipiranga, a República não teria sido instalada em 1889 e tampouco teria sido abolida a escravidão que agora retorna – once upon a time – transvestida de modernização das leis trabalhistas e pejotização. Enfim, tudo ao seu tempo e com sua história de uma estória que não tem nada de conto de fadas.

__________________

Manolo Ramires
Pinga Fogo e Crônicas Curitibanas
Fotos: Théa Tavares

140 comentários em “A revolta de Garibaldi e o pesadelo dos Barros

  • 15 de julho de 2017 em 12:01
    Permalink

    DO RIO QUE TUDO ARRASTA SE DIZ VIOLENTO, MAS NINGUÉM CHAMA DE VIOLENTAS AS MARGENS QUE O APRISIONAM
    Bertold Brecht

    Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 10:53
      Permalink

      Puts, que frase de sentido profundo e contemporânea em!!?

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 12:49
    Permalink

    Gente o texto excelente. Mas comico o que aconteceu. Vou rir ate 2019 na posse do Lula. Mas e uma boa ideia para aderirmos e extender aos senadores, deputados e toda sua corja.

    Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 22:23
      Permalink

      Amei o texto estar perfeito

      Resposta
      • 16 de julho de 2017 em 23:53
        Permalink

        Texto muito bom e esclarecedor para quem não acompanhou as ovadas agora eu entendi o porque

        Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 9:49
      Permalink

      Pode rir bastante…. Lula vai para cadeia e com ele essa corja toda que roubou nossa nação, nossos sonhos e nossas vidas.

      Resposta
      • 17 de julho de 2017 em 13:56
        Permalink

        A unica vez que as pessoas tiveram sonhos no Brasil, foi quando Lula foi presidente, amigo vc esta delirando, ou não tem o que compõem o cérebro. Lula foi o primeiro brasileiro condenado ( provas sem provas) por convicção e vc falando besteiras!

        Resposta
      • 19 de julho de 2017 em 8:21
        Permalink

        “Toda esta corja que roubou nossa nação, nossos sonhos e nossas vidas” está no poder graças a “intelijumências” como a sua..

        Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 12:14
      Permalink

      Lula???? kkkkkkk kkkkkkk CASSADO e PRESO… kkkkkkk kkkkkkk kkkkkkk

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 18:52
      Permalink

      Não acho uma boa usar alimento tão nutritivo para fim tão edificante.
      O mais adequado seriam coquetéis molotov.

      Resposta
    • 17 de julho de 2017 em 19:08
      Permalink

      Cara Leny. Estender não é com x e você está enganada redondamente em termos de história e política. Leia mais.

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 12:59
    Permalink

    Texto muito pertinente ao momento em que vivemos,ostentar nos dias de hoje,chega a ser um insulto,ainda mais qdo os personagens são políticos!

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 13:05
    Permalink

    O povo brasileiro brieiro acordou. Parabéns curitibanos, jovens, adultos, homens e mulheres … ontem vocês deram o exemplo a ser seguido pelo resto do país.

    Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 14:49
      Permalink

      Chico, não só nos Curitibanos precisamos acordar…
      Jovens do Brasil, está no hora de vocês gritaram com toda a força…
      O brasil não tem culpa dos filhos (que governam esse país). Podemos sim mostrar que temos sangue e queremos um Brasil melhor para os que virão.
      A moçinha de família conhecida politicamente, escolheu um lugar considerado por nós, patrimônio de Curitiba, e em função do momento que passamos na política… estava escrito que algo daria errado. Parabéns aqueles que tiveram coragem de mostrar a sua revolta (infelizmente os convidados pagaram o preço pela ostentação).

      Resposta
      • 16 de julho de 2017 em 20:41
        Permalink

        Viviane, você falou pouco e disse tudo ! Dou-me por satisfeito concordando com tudo que você publicou. Diante do exposto, só me resta assinar em baixo.

        Resposta
      • 17 de julho de 2017 em 15:51
        Permalink

        adorei seu comentário, mas PELO AMOR! tire o cedilha da mocinha!!!!!

        Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 13:08
    Permalink

    Não repudio. Acho pouco. Que todos os políticos que ajudaram a por este país na lama sejam defenestrados de seus prazeres sociais.

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 14:09
    Permalink

    O Brasil atual com sua política, elite, economia pobreza e miséria e tudo mais… tem dado todos os elementos para a reconstrução de grandes obras de literatura medieval. Quem dera pudéssemos dar estórias com desfechos de guilhotinas e tudo o mais !!!

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 14:10
    Permalink

    Muito divertido seu texto! Chamar a Dilma de Merida e Lula de salvador dos pobres foi a parte mais engraçada! Já pensou em fazer carreira no humorismo? Bom, se não, já pode considerar a possibilidade! Um abraço!

    Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 22:05
      Permalink

      O texto não foi escrito para divertir, para embalar o ócio de “coxinhas”. É uma reflexão de cunho político.

      Resposta
      • 16 de julho de 2017 em 18:54
        Permalink

        Esperar que coxinha reflita depois de colocar o pais na merda é pedir demais.

        Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 12:16
      Permalink

      Muito boa… kkkkkkk kkkkkkk lula cassado e preso.

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 13:00
      Permalink

      Não sei se mais engraçada, mas é certo que ainda existe muita Cinderela adormecida no país.

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 14:47
      Permalink

      Comentário perfeito… Melhor parte do texto ainda é dizer que Lula foi condenado sem provas! É por isso que o País está do jeito que está!!!

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 18:57
      Permalink

      Nossa, ficou tão fácil identificar os seletivos e odiosos. E como era de se esperar, analfabeto funcional.
      Se ainda tem dúvidas, click no link abaixo e descubra como era o PIB antes de 2013, mais precisamente entre 2003 e 2013. Se ainda assim continuar pensando assim, a única solução para você é tomar cianureto. Guilhotina e fuzilamento dão muito trabalho.
      https://www.google.com.br/search?q=pib+brasil&oq=pIB&aqs=chrome.1.69i57j35i39l2j0l3.3478j0j4&sourceid=chrome&ie=UTF-8

      Resposta
    • 17 de julho de 2017 em 0:48
      Permalink

      Verdade, seria ótimo humorista!! Oh coitado!!

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 14:27
    Permalink

    Chegando o tempo em que as ratazanas não poderão comer seus queijos em paz.Do que se planta, se colhe…

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 14:48
    Permalink

    No casamento da filha da Dilma houve muito mais ostentação e pompas, porem quem criticou foi taxado de fascistas. PQP esta esquerda da falsa esquerda do nosso pais em um cancro.

    Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 22:08
      Permalink

      Além de comentário “coxinha”, é também deselegante. E não deve saber o que é esquerda.

      Resposta
      • 17 de julho de 2017 em 0:05
        Permalink

        Ninguem no Brasil que se diz de esquerda, nao tem noçao politica do que e uma esquerda!

        Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 22:48
      Permalink

      Você só tem problemas de cognição de texto, ou é também um boçal a mais falando besteira?

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 0:04
      Permalink

      Poderia indicar um link com reportagem sobre o casamento da filha de Dilma? Aconteceu quando ela já estava na presidência?

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 2:30
      Permalink

      No casamento de Paula Rousseff, Dilma, não era nossa Presidenta. Atentai bem!

      Resposta
      • 17 de julho de 2017 em 0:44
        Permalink

        Presidenta!! Kkkkkkkk não aguento isso

        Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 10:46
      Permalink

      Nao e verdade. A filha da Dillma nao e politica, seu casamento nao foi suntuoso e so teve destaque na midia porque a mae era candidata.

      Resposta
      • 17 de julho de 2017 em 16:42
        Permalink

        Imagina se ela fosse presidente então, iria desarmar o país inteiro, pra levar todos como segurança, sem ser presidente usou todo esses policiais e soldados pra proteger 400 convidados, só isso já diz muito acha não
        “400 convidados sob forte esquema de segurança, com 300 policiais militares, agentes da Polícia Federal à paisana e soldados do Exército.
        fonte: http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/451/artigo78768-1.htm

        Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 11:38
      Permalink

      A Dilma nunca tirou a aposentadoria dos professores, não jogou bomba e nem bala de borracha contra professores.

      Resposta
      • 16 de julho de 2017 em 19:01
        Permalink

        Não força a barra. Querer que coxinha pense é forçar demais a amizade. Só sabem o que a globo quer e só atendem a convocação do Bonner

        Resposta
    • 17 de julho de 2017 em 15:54
      Permalink

      perfeito! e sem contar que a filha da Dilma é Procuradora do Trabalh e recebe R$ 5.000 de auxílio moradia, além de salário de R$ 30.000

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 14:59
    Permalink

    Deveriam ter jogado coco também.

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 15:26
    Permalink

    Manolo ou Manoel Ramires, o seu texto é de uma beleza infinita, ainda que nos traga a tona a imunda e triste realidade em que estamos vivendo.Não perca a coragem porque os escribas com suas penas digitais vão lhe cravar um punhal a cada comentário escrito. Persista !

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 15:35
    Permalink

    Cita pra mim por favor, quais direitos dos trabalhadores foram retirados??

    Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 20:48
      Permalink

      Se vc é trabalhador, logo mais vc sentirá na pele e no bolso, os diereitos retirados. Aguarde e prepare muito lenço para conter o choro! Há coisas que não adianta explicar. A pessoa tem que sofrer para aprender!

      Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 21:30
      Permalink

      Quer que desenhe também?

      Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 22:12
      Permalink

      Não deve saber nem mesmo o que é trabalho. Explico: os golpistas fizeram o retorno do “tripalium”.

      Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 23:44
      Permalink

      Esse que faz a pergunta ou é burro o um alienado capacho da elite brasileira hehehehehe

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 11:12
      Permalink

      Vou falar o que mais me chocou:
      – gestante ter segurança no trabalho;
      – um hora de almoço;
      – salário mínimo (via trabalho intermitente);
      – férias
      – horas extras;
      – indenização na demissão por justa causa;
      – indenização em ação por assédio moral (independente do dano sofrido, se houver reparação será proporcional ao salário)
      Para conhecer mais, leia este texto. Aí vc encontrará dezoito ponto.
      https://www.google.com.br/amp/s/www.cartacapital.com.br/politica/reforma-trabalhista-entenda-o-que-muda-para-o-trabalhador/@@amp

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 11:32
      Permalink

      Fernando, cita quais direitos trabalhistas retiraram????
      Se vc quer citação, então vc faz parte da corja de políticos que estão no poder ou e cego, surdo e conivente ……
      Procure ter mais leitura histórica e se atualize!
      Ah, será que algum dia ou alguma vez ouviu a história pq os nobre são chamados de sangue azul e o povo de plebeu?
      Vergonhoso sua pergunta!

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 12:18
      Permalink

      Primeiro deixa as “negociações patrão/empregado” começarem a render seus frutos… Aí tu vais ver, já que não acredita!!! Não dá pra defender negociações em um país que ainda não aceitou a abolição da escravidão. E não venha me chamar de esquerdopata ou qualquer uma dessas coisas. Sou professora de história, consciente do nosso passado. Não faço previsões nem futurologia, apenas estudo, analiso e PERCEBO o que se avizinha. Se você acha bom, espere!!! O tempo é o senhor de todas as coisas!

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 16:04
    Permalink

    Ridículo. O que virá depois? Vão bater nas crianças do “clã” e alegar que elas são a nova era dos opressores? Perderam a noção de tudo mesmo. Como seria bom se essa gente que usurpa a voz dos “oprimidos” fosse defenestrada do país para a Coreia do Norte.

    Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 22:26
      Permalink

      Particular ele não foi, pois ocupou espaços públicos. Quem busca exposição, acha.
      A plebe não é o que você pretende que ela seja, enquanto você…

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 9:37
      Permalink

      Acho que genocidio burguês seria um bom começo! Estamos em guerra e foda-se o inimigo, que chorem suas mães !

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 12:19
      Permalink

      Primeiro deixa as “negociações patrão/empregado” começarem a render seus frutos… Aí tu vais ver, já que não acredita!!! Não dá pra defender negociações em um país que ainda não aceitou a abolição da escravidão. E não venha me chamar de esquerdopata ou qualquer uma dessas coisas. Sou professora de história, consciente do nosso passado. Não faço previsões nem futurologia, apenas estudo, analiso e PERCEBO o que se avizinha. Se você acha bom, espere!!! O tempo é o senhor de todas as coisas!

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 12:21
      Permalink

      E aqueles que se comparecem dos opressores poderiam ir para os EUA, mais precisamente para a Disney!

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 13:14
      Permalink

      Que comentário mais idiota! Quem falou em “bater nas crianças do clã”? Esse raciocínio deturpado na verdade busca defender essas pessoas encasteladas no poder que só enriquecem em detrimento da população mais humilde. É uma elite cínica,covarde e desonesta.

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 18:46
      Permalink

      Rs rsr ela deu sorte que nao jogaram coqueteis molotovs.

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 16:04
    Permalink

    Texto maravilhoso !!!
    Uma coisa É CERTA, É UMA “LEMBRANÇA INESQUECÍVEL…
    Kkkkk

    Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 7:27
      Permalink

      Morrendo de rir…..Kikkkkkkk
      Valeu………..devia jogar esgoto…..

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 16:29
    Permalink

    Maravilhosa essa crônica. Parabéns!.

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 16:39
    Permalink

    Modernidade, teu signficado agora é outro, escravidão.

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 17:04
    Permalink

    Belíssimo texto. Parabéns!

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 17:54
    Permalink

    Pois está certo.Justo.Justíssimo.Assim deveria agir o povo em vez de greves mal conduzidas que n/ levam a nada e provocações contra a polícia cuja porrada cai no lombo dos mais pobres.
    Não vamos deixar escapar nenhum.Se reconhecidos em restaurantes,festas,shows ,aeroportos sempre deverá haver á volta deles povo +ovo ,deliciosa combinação.Bastam 20,50 pessoas.Ai ,sim,será prisão domiciliar sem tornozeleira.Se sais de casa leva porrada.

    Uma curiosidade,o moro imoral foi convidado:Estava lá?

    Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 18:59
      Permalink

      Boa pergunta…..será que ele foi?

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 18:03
    Permalink

    MUITO LINDO E ENGRAÇADO MUITO BEM COLOCADO ADOREI

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 18:15
    Permalink

    A pergunta que nao quer calar. Quem vai pagar o custo despendido com a policia militar para dar segurança a pobre elite.?

    Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 22:17
      Permalink

      Aqueles que sempre bancam tudo, nós, o povo. E como já ocorreu anteriormente: “os cavaleiros medievais receberão pelas horas adicionais trabalhadas?”

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 18:16
    Permalink

    Artigo perfeito!
    Parabéns!

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 18:33
    Permalink

    Muito bom o texto, retratou maravilhosamente o momento que estamos vivendo. Seria bom que Maria Victória lesse o texto, e entendesse o povo que a elegeu. Parabéns!!!!

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 18:36
    Permalink

    A democracia roubada vale mais que um casamento esnobe.
    Este momento é sagrado para quem é honrada, não para esta ladra de direitos.
    Seguindo os preceitos da igreja na qual ela casou, seu destino é o inferno.
    Seguindo os preceitos do povo, seu inferno tem que começar por aqui.
    Que venham mais ovos para os golpistas, mas que venham podres.

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 18:59
    Permalink

    A verdade que o povo começa reagir de forma lenta mais progressiva, a plebe com fome,atira os seus últimos estoque de reserva para denunciar que está ficando cansado de de ver seus filhos sem um pão para comer , Além do desemprego a fome e o desalento de um futuro melhor

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 19:16
    Permalink

    Brecht, como sempre é sábio!

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 19:40
    Permalink

    A policia no Brasil e humilhada e maltratada pelos governistas,tinham que fazer como na Croacia proteger o povo.Eu spre os defendi agora quero mais e que se danem

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 20:00
    Permalink

    Pobre é uma desgraça. Infernizaram até o casamento da coitada.

    Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 22:31
      Permalink

      Ah! Então você foi uma das convidadas… kkk
      Não sabes o que é pobreza, o que é o inferno ou o que significa ser coitada.

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 10:10
      Permalink

      Como pode dizer que pobre é uma desgraça, se nasceste no berço da cenzala.
      Pobre só é pobre, pq teve a sua dignidade e honestidade usurpada, e agora tiram o direito do pão. Contrario dá sua elite ao oportunismo de ser rico as costas de muitos. Por isto os chamam!!!!
      “Ricos”

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 17:14
      Permalink

      Coitada ďe você que apoia esse tipo de gente escória da sociedade.políticos.

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 20:18
    Permalink

    Plebe invejosa e asquerosa,, casamento é instituição civil de cunho particular… sómente ignorantes misturam as coisas, no caso é pura inveja, despeito e falta de ter o que fazer.

    Resposta
    • 15 de julho de 2017 em 23:49
      Permalink

      E ostentação é o quê??? Político ostentando publicamente justo numa semana em que o povo foi traído por aqueles que deveriam representa-los merecem ovo na cara, sim!!! Parabéns aos bravos curitibanxs pelo protesto e pela ideia. Com certeza copiaremos para o resto do Brasil!!!

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 2:04
      Permalink

      De cunho particular usando patrimônio histórico?

      Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 12:55
      Permalink

      Imundos !!!
      Sobrevivem de corrupção, a custa da miséria e sofrimento do povo que agoniza, sujos, vermes, devolvam tudo que usurparam dos cofres públicos, tudo que ganharam as custas de negócios escusos, quero ver o sobra. Não passariam nem em entrevista para faxina.
      Ninguém tem inveja de lixo, isso é só o começo.

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 20:22
    Permalink

    Eu tenho certeza que o gigante acordou e isso é o início assim podemos começar a conquistar a liberdade.

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 20:36
    Permalink

    Ótimo texto , redigido com primor. Se há quem discorde , deve ter sido convidado para a festa ou lambe as botas da casa grande .

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 20:57
    Permalink

    Muito Bom
    O Brasil ainda tem jeito, é só não se conformar ou aceitar tudo o que esta acontecendo
    Parabéns pelo texto

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 21:00
    Permalink

    Parabéns a todos que mostraram a indignação a esta coisa que se diz deputada e faz parte de uma gangue com o pai e mãe. O seu tio tentou ser prefeito de Maringá levou um chega prá lá exemplar!

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 21:04
    Permalink

    Chegará o dia em que o povo brasileiro fará como os franceses em sua Revolução Francesa. Não comerão seus minguados e mofados brioches, não aceitarão tantos insultos, não acharão que o pão e circo é uma necessidade no cardápio. Tomará coragem e entrará nos castelos de seus algozes munidos com suas bordunas e tomando-lhes o que foi tirado desde que aqui chegaram. Pegarão de volta sua dignidade e seus pertences, deixando os nobres e seus asseclas nadando em rios de sangue, deixando que os abutres façam uma refeição digna, como não fazem há muito tempo!

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 21:22
    Permalink

    Engraçado, o povão nao sabe usar o titulo de eleitor e depois ficam bêbendo próprio veneno, saem a protestar. Esse é o Brasil dos eleitores idiotas. Chupem essa manga

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 22:43
    Permalink

    Parabéns Manoel Ramires pelo excelente texto. Muito feliz a comparação, pois estamos revivendo o feudalismo; mesmo cargos eletivos são utilizados como feudos; a hereditariedade criminosa e golpista está destruindo o país e ainda tem a desfaçatez de tripudiar perante as mazelas dos brasileiros, os únicos que verdadeiramente trabalham em terras tupiniquins. E ainda há os que não percebem o engodo por trás de toda a artilharia midiática. Pena não conseguirmos politizar as mentes encarquilhadas que teimam em defender o andar de cima, quando pertencem ao cá de baixo. Mas, lá no fundinho, queriam estar lá em cima, e no Garibaldi. Um grande abraço… fiquei leitor assíduo.

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 23:14
    Permalink

    Acho uma certa ignorância do povo, casamento é instituído por Deus. Os pobres de espírito foram estragar, principalmente na frente da igreja, eu achei, gosto muito da Cida e do Ricardo,desejo felicidades ao casamento da sua filha Maria e seu esposo, sou um simples teólogo Cristão, um grão de areia desconhecido, e respeito muito vocês.Abraco JC Ferraz

    Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 23:37
    Permalink

    Maria Victoria, talvez tenha visto a realidade de seu povo no dia e hora errada.
    Não será uma boa lembrança, é fato!
    Mas esses enlouquecidos que foram jogar ovos, nem más lembranças têm.
    Essa mistura de sentimentos dessa ´´plebe´´ enfurecida é o reflexo do que
    vivemos atualmente entre mentiras, conchavos e blindagens da mais alta
    corrupção que este País já viveu. E, papai e mamãe da Cinderela, fazem parte
    dessa estirpe que já não tem espaço numa sociedade justa!
    Espero que ela em sua lua de mel, si quer tenha a oportunidade de ver um OMELETE!

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 0:45
    Permalink

    Muito pouco. É preciso degolar os traidores do povo, os criadores do sofrimento da humanidade. Esses purias devem ir direto para a fogueira, para a forca e tudo o mais que extermine essa espécie humana cruel, vil e miseral no espírito.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 0:48
    Permalink

    Só não sei ainda quem é o presidente “libertador da fome do povo”

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 1:27
    Permalink

    O melhor texto que ja li nesta atual conjuntura política.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 1:49
    Permalink

    Parabéns! Pelo rico texto que nos apresenta, oportuno! E quanto aos escribas digitais, a fala de um nosso ministro da economia na era de chumbo -” As favas com o pudor de consciência”-, frase essa, dita, enquanto se promulga Al5.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 2:10
    Permalink

    O MELHOR TEXTO QUE JÁ LÍ NOS ÚLTIMOS ANOS.
    Parabéns ao Autor !

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 2:11
    Permalink

    Sem dúvidas um belo texto, a pergunta que não quer calar é: e esses policiais fazendo proteção??? Abuso de autoridade…

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 3:40
    Permalink

    Precisamos lutar por nossos direitos mas sem nos tornarmos vulgares. Acabar com uma cerimônia de casamento não vai acrescentar nada à luta por um país melhor. Repudio tal manifestação e digo que reivindicar é preciso mas no lugar certo ,no lugar onde eles deveriam nos defender.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 5:34
    Permalink

    Brasil cheio de “Marias Antonietas”. “Povo não tem pão? Que comam brioches,” Terminou muito bem.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 5:38
    Permalink

    Algo está no ar. Os golpistas não passam de alucinadas MARIAS ANTONIETAS (aquela dos Brioches). Não esqueçam como a Maria Antonieta terminou (executada pelos revolucionários na AFAMADA REVOLUÇÃO FRANCESA sempre tão citada como exemplo de reação social ao atraso).
    Alguns mais afoitos vão me dizer: “A filha não tem culpa… do que os pais fazem.” Mas lembrem-se que já surgiram ACM Neto, Aécios neto do Tancredo (supostamente um velho bonzinho mas pelo que entendi não passava de um tremendo vaselina), Marchezans FILHO, Bolsonaros filhos etc. São seus pais uma cepa maldita DE ARISTOCRATAS FALIDOS E IMBECIS SUBVERNIENTES A INTERESSES ESTRANHOS À NAÇÃO E SEUS CAPACHOS… E pelo visto talvez tenham que ser neutralizados e SUAS CASAS DERRUBADAS E NO SEU LOCAL JOGADO SAL como era a lei antigamente – fizeram isto inclusive contra Tiradentes (não está na moda ressuscitar o “que valia” no passado tal como o ESCRAVAGISMO?). Claro que estou RADICALIZANDO E SENDO EMOTIVO

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 8:17
    Permalink

    Que se faça o mesmo com governadores, senadores, deputados descarados e vendidos, vereadores e todos aqueles que vivem de olhar para o povo, com olhar de quem está vendo . Muito bem feito para a família Barros e parabéns pela matéria. Muito bem escrita!!!

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 9:32
    Permalink

    A multidão a que se refere o autor se tratava de uns 20 gatos pingados do PT convocados pela Gleise Hofmann. A maioria estava lá só para ver mesmo. Esses que criaram a confusão seriam capazes de atear fogo a noiva. Verdadeira escória que não respeitou um momento religioso. Certamente arderão no próprio inferno que habitam. Serão localizados e punidos.

    Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 20:15
      Permalink

      MOMENTO RELIGIOSO É MEUS OVOS! OU OS OVOS BEM JOGADOS NESSA CORJA ELITISTA QUE VIVEM AS EXPENSAS DA MISÉRIA DOS BRASILEIROS!

      Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 9:38
    Permalink

    Ótimo texto! A parte da Dilma e do Lula foi a mais hilária. Parece até que são inocentes!

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 10:10
    Permalink

    O texto é espetacular! Os “fantasmas de Garibaldi” me representam! Que nenhum golpista tenha paz!

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 10:53
    Permalink

    Belíssima fábula! Triste do poder que, ao invés de servir, tiraniza e degrada.Como todos os contos de fadas trazidos à Terra por uma estrela cadente, utiliza mitos e magia para afastar a realidade e produzir a ilusão necessária a firmar o conceito moral subliminar que interessa ao autor. Nesses contos, uma Górgona que ilude para ganhar poder e petrifica tudo ao seu redor pode passar por doce Mérida, e um nobre cavaleiro que vende-se ao inimigo transita incólume entre a ralé ao atirar-lhe as sobras do banquete; um paladino que denuncia os Orsinis, Borgias e Medicis é transformado em demoníaco inquisidor por haver também denunciado o vilão convertido em Papa. Misturando mel e veneno, as Fábulas da Estrela Cadente apontam um crime como forma de esconder um outro, igualmente pérfido; e destinam-se a perpetuar, na mente das crianças, as crenças que nos mantêm na infância das Nações.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 11:28
    Permalink

    Estava eu lendo, gostando muito e concordando, até perceber que é o escritor, um petista parcialmente cego. Aff!

    Resposta
    • 16 de julho de 2017 em 16:00
      Permalink

      Ahhh!!!! até que enfim admitiu heim??? retirou a máscara de cidadão honroso lutando para o fim da corrupção…pura balela,pessoas com esse raciocínio limitado tem como base apenas o preconceito enraizado na fisiologia,são hipócritas disfarçados.O problema sempre foi de classes pelo domínio de uma sociedade que acha que faz parte da parcela rica do país,se acham capitalistas mas não passam de carvão necessário para aquecer as caldeiras que aumentam as riquezas de apenas 1% dos verdadeiros milionários desta nação….costumo dizer que só existem dois tipos de pessoas que apoiam este desmonte…O rico ou o Burro….Qual deles você é?

      Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 11:43
    Permalink

    Que porcaria de texto. Para tentar pintar Lula com as cores da honestidade e decência, como se aquela figura sebosa pegasse qualquer coisa que não fosse a vergonha e a cara de pau, atacam outros desonestos deslumbrados com o poder advindo do dinheiro do povo.

    Não caímos nessa. Não é PT contra PSDB, nem mortadelas contra coxinhas. São eles (vocês) contra nós, que pagamos impostos para sustentar toda essa corrupção e bandalheiras.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 11:47
    Permalink

    Quem escreveu tentou ser excessivamente engraçado e deixou a matéria chata. Não entendi contas do pouco que li. Vou catar a história em outro editorial.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 12:07
    Permalink

    Lula Salvador?
    Acredito que uma das principais besteiras que li neste texto… De fato um texto sarcástico e engraçado!
    Sinto muito por tudo que está acontecendo no Brasil e penso que nem Lula, nem Dilma e nem Temer…. Sinceramente, tristeza profunda

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 12:12
    Permalink

    Ui que horror. A Maria camburão deveria pagar um curso de etiqueta a esses manifestantes. Kkkkkkkk

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 12:15
    Permalink

    ” Na semana em que o proletário Lula, o presidente libertador da fome do povo, era condenado sem provas por um inquisidor Moro”. Em que país o senhor vive??? Possivelmente numa ficção doentia e cega onde só vê o que quer. Lamentável! Lula na cadeia! E isso vale pra qualquer corrupto, seja de que partido for! #justiça

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 12:51
    Permalink

    Muito bem bolado ! Excelente, que isso seja somente o início de um levante que estamos aguardando e precisando contra esses que acham que fazem parte de uma classe especial de seres humanos, mas que não passam de vermes, dependentes e sanguessugas do povo brasileiro.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 12:58
    Permalink

    Ótimo, tirando o parágrafo Lula e Dilma, os quais sabemos pertencer a mesma classe.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 14:57
    Permalink

    grande texto tudo verdade, menos a parte do “sem provas contra Lula,,,, Moro inquisidor….”
    Lula e PT merecem cadeia sim 🙁

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 15:18
    Permalink

    Parei de ler quando vi “sem provavelmente contra Lula”.
    Simplesmente PATÉTICO.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 16:00
    Permalink

    *um inquisidor Moro*.Li até aqui, depois desisti, perdeu a confiabilidade

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 17:56
    Permalink

    “Pobre é a elite que acredita poder se fechar em castelos e distante da ralé.” Meu desejo é que o povo tome esse episodio como exemplo e ocupe Brasília da mesma forma, para q aqueles RATOS aprendam a respeitar o povo brasileiro.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 19:28
    Permalink

    falta de respeito com o ser humano, principalmente neste momento tão sagrado na vida das pessoas. Por isso que as forças armadas vai cuidar deste País.

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 20:12
    Permalink

    Maravilhosa crônica! Parabéns!

    Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 22:43
    Permalink

    Temer usurpou o poder?! Meu deus, quanta bobagem em um texto só!!!!!!!

    Resposta
  • 17 de julho de 2017 em 4:29
    Permalink

    Achei tão lindo este trecho: “pertence a um clã cujas riquezas aumentam na medida que o pão e o circo faltam aos populares.”!
    Acho até que o povo deveria ter tido a ideia de fazer uma homenagem dessas no enterro da Dona Marisa Letícia, a matriarca do “clã cujas riquezas aumentam na medida que o pão e o circo faltam aos populares”. Aliás, era mesmo gente do povo que estava na porta da igreja?

    Resposta
  • 17 de julho de 2017 em 6:25
    Permalink

    A POLÍTICA É A GUERRA CONTINUADA: NO LUGAR DOS GENERAIS OS JUÍZES

    Odemar Leotti

    A paz não existe no modelo ocidental. Existe sim a guerra sutil que aparece na s leis, na mídia, na legislação e aplicação das leis. Estes mecanismos são partes regimentais que compõem o corpo político. O espaço político portanto promovem a guerra por meio dos códigos de leis aplicados pelos que na guerra explicitamente efetivas impuseram aos perdedores a regra do jogo e com isso os rigores das leis, a parcialidade em sua efetivação com condenações aos que se atreverem a não aceitar essas guerras e ousarem lutar para ocupar o espaço político reservado às elites. Estas, em nosso caso, se efetivaram através da usurpação das terras indígenas, do sequestros dos membros de diferentes culturas, europeizadas na redundância pelo nome “África” e perversamente, ambas as vítimas da sanha ocidental, que os resumiram com as alcunhas de “Índio” e “Negro”. Portanto o que houve não foi uma história de heróis bandeirantes, mas sim uma história de um começo de massacres, incêndios e rapinas. Lutar é fazer aparecer o que a história escondeu por sob os escombros das destruições. Não podemos deixar em paz o que na realidade é uma guerra e o genocídio mais covarde que existe que é retirar das pessoas destituídas de suas possibilidades vitais e condená-los a nem nascer, se nascer nem chegar à maturidade. E se porventura chegar à maturidade será para se tornar peças das engrenagens malditas do neo liberalismo, esse remendo de um Estado Liberal que traiu o sonho megalomaníaco dos pensadores modernos do final do século XIX e início do XX. Essa máquina mortífera que não fura os próprios olhos como o fez Édipo ao notar que ofendeu sua comunidade. Guerrear ou não mas nunca deveremos aceitar as peças de um jogo que mantém relações de poder por um saber que anula o singular em favor de uma verdade devoradoras de vidas. (Odemar Leotti, historiador, UFMT-CUR)

    Resposta
  • 17 de julho de 2017 em 11:58
    Permalink

    Jornalismo livre?!?!? onde!!! Este texto condenatório não passa da mais pura retórica esquedista e populista. Ovacionar Lula e Dilma como heróis, condenar Temer e outros como os únicos ladrões da República!!! Mais ridículo impossível. Misturar contextos históricos, distorcendo a realidade como se esses “heróis” não tivessem a menor responsabilidade pela crise política e econômica que nos assola é um diversionismo absurdo. Lula, um proletário! Marx deve sofrer convulsões em seu túmulo londrino, quando da publicação dessa oração! Um corrupto, megalomaníaco, narcisista e egocêntrico, além de apedeuta, que fez do sincalismo radical uma plataforma para se alçar à política e desta viver como um nababo há décadas, ocultando-se sob uma aparente fisionomia sofrida para causar sentimentalismo à uma massa de ignorantes letrados e iletrados, alienando-os com o mantra populista da “justiça social” cujo carro chefe não passa da distribuição de uma esmola, que em vez de tirar a massa da pobreza a mantém nesta. O pobre na era Lula não deixou de ser pobre, transformou-se num refém de um projeto de poder, é o gado eleitoral de uma quadrilha que promoveu o maior assalto aos cofres públicos da história da nossa República das bananas.

    Resposta
  • 17 de julho de 2017 em 12:39
    Permalink

    Desperdício de ovos. Tinham que atirar aquilo que jogaram na Geni… Todocastigo pra golpista destruidor de direitos trabalhistas é pouco. Que seja só o começo.

    Resposta
  • 17 de julho de 2017 em 13:01
    Permalink

    Tendencioso e esquerdista. Lamentável opinião. Não faz acrescentar em nada alem de fofoca de janela. Se os ricos estão no poder e pintam e bordam. É por causa da maioria pobre que os elegeu. O espelho é o melhor retrato. Basta acordar, parar na frente dele e descobrir a imagem do culpado por esses ditos malfeitores dominarem a situação. Você e seu aval com o voto na urna.

    Resposta
    • 17 de julho de 2017 em 19:18
      Permalink

      Esses pobres de direita… Te falta um pouco de aulas de história pra parar com o mínimo contra a esquerda e ver a sujeira que a direita elitista sempre fez. Pobre que gosta da direita é pobre que nasceu pra ser lacaio.

      Resposta
  • 17 de julho de 2017 em 16:59
    Permalink

    Ótimo texto! Aristocracia cisne amarelo casando na igreja dos negros. Os plebeus pro lado de fora de sua igreja, cercada pela cavalaria… rsss

    Resposta
  • 17 de julho de 2017 em 22:31
    Permalink

    Só uma OBS.

    Cronica ou não dados errados e informação errada é sempre um dos maiores pecados de um jornalista…

    O carro da noiva não era um Rolls Royce Silver Wraith 1955 e sim um Chevrolet Fleetmaster 1947 conversível…

    Resposta
  • 18 de julho de 2017 em 13:37
    Permalink

    Manolo Ramires – meu Deus ! você escreve muiiiito !!! Texto perfeito !! Engraçado alguns dizerem, “noooossa, mas protestar no casamento” – uai, vai protestar onde, quando ? Eles massacram a plebe dia e noite, noite e dia, todos os dias. A revolta do povo é grande gente ! fizeram muiito bem ! As pessoas tem que pagar pelo que mal que fazem aos outros.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *