ANÁLISE: AGÊNCIA CUNHA DE NOTÍCIAS?

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Por Paula Zarth Padilha, Terra Sem Males

A Câmara Notícias, site de notícias oficial da Câmara dos Deputados, tem sido imediatista na disponibilização de informações de tudo o que ocorre dentro da casa, com a cobertura de sessões, debates, posicionamento de deputados e garantindo até certa isenção, demonstrando sempre os posicionamentos divergentes sobre os diversos assuntos.

A agência de notícias é também fonte oficial (e pública) de informações. Mas demonstra tendência a privilegiar (sutilmente) o presidente da casa, Eduardo Cunha, como pode-se perceber no print abaixo:

Reprodução Câmara Notícias, 15/12/2015, 13h30, acessado em http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/
Reprodução Câmara Notícias, 15/12/2015, 13h30, acessado em http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/

No início da tarde desta terça-feira, 15 de dezembro, por exemplo, a notícia mais recente é “Conselho de Ética: Relatório preliminar de representação contra Eduardo Cunha é aprovado“. A outra notícia de hoje, publicada pela manhã é “Operação Lava Jato: Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em residência oficial“. Os mandados eram contra Eduardo Cunha e, além da residência oficial, abrangem a Diretoria-Geral da Câmara. Mas o nome de Eduardo Cunha não está ali no destaque.

O que está em destaque, desde a noite de segunda, são os argumentos que Eduardo Cunha declara que vai apresentar ao Supremo Tribunal Federal sobre o pedido de impeachment contra a presidenta Dilma. O trâmite deve ser definido pelo colegiado do STF nesta quarta, dia 16.

Apesar de estarem presentes as informações sobre a operação da Polícia Federal e o posicionamento do Conselho de Ética contra Eduardo Cunha, aparecem de forma discreta na página oficial de notícias da Câmara dos Deputados. As novidades sobre Eduardo Cunha ocasionaram o cancelamento de três reuniões previstas na agenda do dia: sobre fundos de pensão, sobre Registro Civil Nacional e a audiência sobre paralisação de caminhoneiros.

Em tempo: Após 16h00, Eduardo Cunha se manifestou sobre todas as ocorrências de hoje e o site da Câmara Notícias ficou assim (perceba no tempo real que o site ficou mais de duas horas sem atualização):

Reprodução Câmara Notícias, 15/12/2015, 16h15, acessado em http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/
Reprodução Câmara Notícias, 15/12/2015, 16h15, acessado em http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/

anuncio-tsm-posts

 

Um comentário em “ANÁLISE: AGÊNCIA CUNHA DE NOTÍCIAS?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *