Arrependimento

Compartilhe esta notícia.

Apoie o Terra Sem Males, financie o jornalismo independente

Por Fernando Lopez*

Conversei ontem com um grande empresário aqui em Curitiba, dono de rede de escolas.

Apesar da insistência dele em não falar de política, e sendo esse o único assunto que realmente me interessa, acabamos entrando na curiosa e pouco proveitosa discussão sobre arrependimento.

Eleitor do Amoedo ( que dúvida… ) ele insistia que não estava satisfeito com Bolsonaro e culpava sua classe por não ter fechado com o candidato do Novo, logo no primeiro turno. Via aí o erro.

Disse que concorda com muitas das ideias do atual presidente, mas que reconhece um grande defeito nele, o de não saber se expressar.

Você é importante para manter o Terra Sem Males no ar. Seja um assinante.

 

Eu não me surpreendi nem insisti para saber que ideias seriam essas com as quais concorda, até para não terminar a conversa, que estava interessante.

Perguntei então se sabendo sobre Bolsonaro o que se sabe hoje, numa hipotética repetição da disputa em 2022, com Haddad como opção, como ele votaria.

Ele disse que não teria como responder, que teria que pensar.
A partir daí a conversa foi mais ou menos assim:

– Meu querido, nem se dê ao trabalho. Eu respondo por você. Você descia o dedo no 17, sem sombra de dúvida.

– Como você pode afirmar como EU votaria?

– Ora, pela sua dúvida! “Ter que pensar” já demonstra que os motivos que te levaram a errar da primeira vez continuam aí, enraizados dentro da sua alma. Como se mais de cinquenta mil mortos por total descaso e incompetência, economia destruída, inúmeros indícios de envolvimento com falcatruas, milícias e até assassinatos não fossem suficientes!

– Mas é que o PT…

– Olha, não vou fazer a defesa do partido, porque não acho necessário. Você tem lá seus motivos para não gostar, muitos deles em virtude da sua posição e dos seus interesses, mas fato é que teu voto em Bolsonaro foi um erro que você está disposto a repetir, apesar de tudo.

– Mas a corrupção…

– Se não fosse a corrupção vocês encontrariam outro motivo. Vocês votaram e votarão novamente em qualquer candidato que ofereça garantias de que o Estado continuará servindo ao grupo privilegiado ao qual pertencem. Com todo respeito…

– Eu só quero um Brasil melhor.

– Pois é, eu também.

– E o Paulo Guedes está fazendo um bom trabalho.

– Pra você, está sim, sem dúvida.

Aí ele me olhou sem entender se eu estava sendo irônico ou não e respirou aliviado quando meu telefone tocou. Aproveitou a chance para terminar a conversa.

Acredito que foi procurar uma outra pessoa para conversar, alguém que pudesse compreender melhor a sinceridade de seu arrependimento.

*Fernando Lopez é militante das causas populares, idealizador do Social Lista e colunista do Terra Sem Males.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *