Ato público em Curitiba denuncia violência contra pessoas em situação de rua

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

O Movimento Nacional da População de Rua-MNPR realiza, neste sábado  (23), a partir das 10h, ao lado da feirinha da Vila Hauer, um ato  público pra denunciar a escalada de violência contra as pessoas em  situação de rua em Curitiba e Região Metropolitana. Entidades de apoio também estarão presentes na manifestação.

Somente no mês de janeiro ocorreram três crimes. No dia 18, um morador  de rua foi executado com dois tiros, no Boqueirão. Dois dias depois, outro morador morreu carbonizado, nas imediações da passarela da Vila Hauer. No dia 25, em Colombo, outra pessoa foi agredida e queimada.

Dados do movimento apontam que  em 2016,  no Paraná, foram registradas 45 ocorrências semelhantes. Em 2017, foram 25 violações.

O quadro tende a tornar-se ainda mais grave, pois numa conjuntura de desemprego em massa, aumenta  a cada dia o número de pessoas nessa situação. O ajustes fiscais implementados pelos governos nos âmbito federal, estadual e municipal também cortam os recursos em políticas públicas para essa população, notadamente moradia e demais direitos como acesso à alimentação, saúde, educação e lazer.

Fonte: CUT-PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *