ATO RELEMBRA 29 DE ABRIL DE 2015 E 30 DE AGOSTO DE 1988

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Na manhã deste sábado, 29 de agosto, educadores, professores e funcionários de escola realizaram um grande ato em Curitiba, que teve início com uma assembleia da categoria na Praça Santos Andrade. Os manifestantes seguiram em passeata até a Praça 19 de dezembro, para se reunirem com representantes dos movimentos sociais. A marcha foi finalizada em frente ao Palácio Iguaçu, no Centro Cívico.

Durante a marcha foram realizados atos simbólicos: primeiro na rotatória em frente à Prefeitura, onde foram colocadas cruzes com os nomes dos deputados do camburão, do governador Beto Richa e da vice Cida Borguetti, em memória ao massacre do dia 29 de abril. O massacre foi relembrado com uma encenação do ataque.

Após chegarem em frente ao Palácio Iguaçu, lideranças sindicais, políticas da oposição e dos movimentos sociais e estudantil reafirmaram o ato de luto e de luta em memória também dos 27 anos do dia que o então governador Álvaro Dias utilizou a cavalaria da PM para agredir os professores pela primeira vez, na greve de 1988.

O ato foi finalizado pelo presidente da APP Sindicato, Hermes Silva Leão, que narrou uma homenagem feita por crianças que distribuíram rosas vermelhas aos manifestantes.

Por Paula Zarth Padilha
Terra Sem Males

anuncio-tsm-posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *