Cinco Paratibas inesquecíveis no Couto Pereira

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Texto e foto: Marcio Mittelbach
Terra Sem Males

Líder absoluto do campeonato paranaense, a nave tricolor segue rumo à primeira prova de fogo em 2017: o Coritiba no Couto Pereira. Mas antes de entrar no túnel do tempo vamos falar do jogo da última quinta-feira, 2/2, 2 a 0 contra o Cianorte. Os cerca de quatro mil guerreiros que foram para a Vila ganharam um presente e tanto.

Não teve lambreta nem goleada, mas teve um time aguerrido, uma defesa segura e um ataque com a paciência necessária. O primeiro gol, marcado por Alex Santana, aos 31 minutos do segundo tempo, é a prova disso. Com toda tranquilidade ele recebeu o cruzamento, deslocou goleiro e zagueiros com um único gesto e depois empurrou para as redes.

O gol de falta do Renatinho também foi uma pintura. Ao melhor estilo Lúcio Flávio, o camisa 10 enganou todo mundo, bateu direto no gol e foi pra galera. Por falar nisso, que noite! Não teve como não se emocionar com o estádio todo em pé cantando o hino debaixo de chuva. Um daqueles momentos que faz todo o sofrimento valer a pena.

Então vamos deixar de conversa e pensar na próxima batalha. E quanta história tem esse duelo. Com vocês, cinco partidas de almanaque, momentos inesquecíveis no nosso salão de festa. É clicar e curtir!

 

Paranaense 1991 – PRC 1 x 1 CFC – Primeiro título!

 

Paranaense 1994 – PRC 4 x 0 – Uma surra de cinta divulgada em rede nacional!

 

Paranaense 1996 – PRC 1 x O CFC – Tetracampeão!

 

 

Paranaense de 2001 – CFC 2 X 1 PRC – O Paraná perdia por dois a zero até que, no apagar das luzes, o volante Fernando Miguel acertou a cabeçada e nos colocou na decisão. O primeiro jogo foi 3 a 1 pro tricolor.

 

 

Paranaense de 2013 – CFC 2 X 3 PRC – Depois de longo jejum de vitórias no Couto, um chutaço do Rubinho garantiu a vitória.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *