Festival da Comunicação Sindical e Popular vai levar para a Cinelândia debate sobre 1968, ditadura no Brasil e resistência ontem e hoje

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Acervo do NPC e materiais de sindicatos e movimentos populares estarão expostos em barraquinhas em praça pública

O Núcleo Piratininga irá realizar, no dia 24 de julho, o 2º FESTIVAL DA COMUNICAÇÃO SINDICAL E POPULAR. Mais uma vez, a ideia é levar para a rua a produção da imprensa sindical, popular e alternativa no nosso país desde o início do século passado. Será uma feira da comunicação dos trabalhadores, com tudo organizado em barracas e exposto para quem estiver passando pelo Centro do Rio nesse dia.

Como se trata de comunicação do povo, de ecoar as vozes do morro, não há lugar melhor do que a Cinelândia. Nesse histórico bairro, serão apresentadas lutas e histórias em aulas públicas sobre momentos vividos e que têm relação com os desafios de hoje.

Ao longo do dia, haverá rodas de conversa sobre: “a resistência no Brasil em 1968: luta armada, contracultura e movimento operário”; “pensamento de Che Guevara e Marighella nos acontecimentos de 1968”; e “Liberdade de Expressão nas favelas cariocas ontem e hoje”.

Além dos debates e exposição de materiais, haverá ainda uma intensa programação cultural. O Grupo do Teatro do Oprimido estará presente, com a participação de Geo Britto e Julian Boal coordenando uma apresentação dos alunos do curso de comunicação popular do NPC. Também haverá apresentações do ator Carlos Maia e rodas de samba, funk e hip hop para fechar o dia.

24/7: Dia da Comunicação Popular no Rio de Janeiro

24 de julho é Dia Municipal da Comunicação Popular, por iniciativa do mandato do vereador Renato Cinco (PSOL). Realizado pela primeira vez no ano passado, entrou para o calendário oficial do estado do Rio de Janeiro através de projeto de lei do deputado estadual Eliomar Coelho (PSOL-RJ). A data é em homenagem a Vito Giannotti, um grande lutador pela comunicação dos trabalhadores, que faleceu em julho de 2015.

Nesse dia, também haverá uma homenagem a Marielle Franco. Potente voz do morro em defesa dos trabalhadores, foi calada tão precocemente, em 14 de março de 2018.

Como participar do Festival

Os sindicatos, associações, coletivos de comunicação e movimentos populares poderão ter uma barraquinha para expor suas publicações. Interessados devem entrar em contato com o NPC pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (21) 98556-3909.

Também foi dado início ao financiamento coletivo do festival. Todos os apoios serão divulgados! A contribuição pode ser feita pelo site https://www.kickante.com.br/campanhas/2o-festival-da-comunicacao-sindical-popular ou através de depósito na conta do NPC. As entidades terão recibo. Os dados bancários são:

NÚCLEO PIRATININGA DE COMUNICAÇÃO
CNPJ: 02.510.093/0001-20
Banco do Brasil
Agência: 3520-3
Conta: 63311-9
Em breve será divulgada a programação completa! Para saber mais sobre o Festival, acesse aqui. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *