Governo do Paraná é pressionado por mais de 15 mil servidores em protesto

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Mais de 15 mil servidores públicos de diversas categorias participaram do ato unificado em Curitiba-PR, convocado pelo Fórum das Entidades Sindicais (FES) nesta segunda-feira (01/07).

Os manifestantes reivindicam “que o governo do Estado reabra a mesa de negociação e apresente uma proposta de pagamento da dívida de 17%. Professores, funcionários, policiais e profissionais de outras categorias estão com os rendimentos congelados desde 2016. Há quase quatro anos, especificamente 42 meses o governo não paga a reposição da inflação”, informa a APP-Sindicato por meio de um release.

Confira abaixo algumas fotos do ato feitas pelo repórter fotográfico Joka Madruga, do Terra Sem Males.

==============

COLABORE COM O JORNALISMO INDEPENDENTE E FAÇA UMA DOAÇÃO PARA RECEBER ESTAS FOTOS EM ALTA RESOLUÇÃO.

Clique aqui para fazer a doação de qualquer valor. As fotos serão enviadas, em alta resolução, para o e-mail do doador fornecido no cadastro.

Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males
Ato dos servidores publicos estaduais do Parana, em Curitiba-PR, nesta quinta-feira (20), que estao em greve por causa de salarios defasados e contra a reforma da previdencia. Foto: Joka Madruga / Terra Sem Males

Um comentário em “Governo do Paraná é pressionado por mais de 15 mil servidores em protesto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *