Guarda Municipal de Curitiba tenta esconder manifestação contra o prefeito Greca durante Auto do Natal

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Na noite de ontem (22) servidores municipais de Curitiba protestaram durante a Proclamação do Natal, no Centro Histórico da capital paranaense. Eles acompanharam a atividade no Largo da Ordem, de forma pacífica, segurando uma faixa onde se lia: “Natal de Luz, mas Curitiba vive nas sombras”. Em determinado momento a Guarda Municipal foi acionada e ficou na frente da faixa, numa clara tentativa de inibir o direito à manifestação.

Segundo um dos manifestantes, um dos guardas chegou a dizer que a faixa não devia estar ali “por ser um local sagrado”.

Foto: Joka Madruga/SISMUC

De um lado o glamour das luzes, das operetas. Nada contra ao acesso gratuito do povo a tais espetáculos. Mas em um momento onde o servidor público teve a retirada de direitos com o pacotaço, que teve repressão violenta da PM na Câmara Municipal e Ópera de Arame, 0% de aumento no salário do funcionalismo municipal, aumento da alíquotas do ICS e IPMC em andamento que resultará em mais diminuição de salários, falta de condições de trabalho, aumento de assédio moral pelas chefias, etc. Em um momento em que unidades de acolhimento a moradores de rua tem sido fechados, que tem crescido agressões a homossexuais e moradores de rua. Um espetáculo desse porte chega a ser desrespeito com o servidor e a sociedade”, desabafa Adriana Kalckmann, diretora do Sismuc.

Não houve tumultos e ninguém foi detido. Para ver a programação completa do “Luz dos Pinhais: Natal de Curitiba”, clique aqui.

Foto: Joka Madruga
Foto: Joka Madruga
Foto: Joka Madruga

Um comentário em “Guarda Municipal de Curitiba tenta esconder manifestação contra o prefeito Greca durante Auto do Natal

  • 23 de novembro de 2017 em 12:30
    Permalink

    Poderia mudar este título para … “Chefia da Guarda Municipal de Curitiba obstrui manifestação.” Pois aí só tem chefes comissionados.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *