HSBC: Bancários querem garantia de emprego

Compartilhe esta notícia.

Ato realizado nesta sexta (06), no Palácio Avenida, expôs escândalos envolvendo o banco inglês.

Foto: Daniela Carvalho/SEEB Curitiba

O Sindicato dos Bancários de Curitiba e região, juntamente com a Fetec-CUT-PR e a Comissão de Organização dos Empregados (COE/HSBC), realizou, nesta sexta-feira, 06 de março, um ato em defesa do emprego dos bancários do HSBC. Diante das denúncias mundiais envolvendo o banco inglês, os dirigentes sindicais expuseram aos curitibanos os fatos que estão sendo apurados sobre os 106 mil clientes, suspeitos de sonegação de impostos, em 203 países.

“Não é justo que o HSBC se aproveite de falhas nas regras fiscais dos países para ajudar clientes dispostos a sonegar impostos e esconder dinheiro em paraísos fiscais e ainda saia impune. Queremos fiscalização por parte das autoridades e órgãos competentes”, destacou Cristiane Zacarias, coordenadora nacional da COE/HSBC.

As denúncias apontam que somente os correntistas brasileiros tinham cerca de US$ 7 bilhões, nos anos de 2006 e 2007, no banco em Genebra. Eram 6.606 contas e 8.667 clientes envolvidos. “Por isso, é fundamental que o Senado dê andamento à CPI que está proposta e que a Polícia Federal também investigue as denúncias”, destacou Marcio Kieller, vice-presidente da CUT-PR, durante o ato.

Acesse aqui a matéria completa, o vídeo sobre o ato e o panfleto distribuído à população.

Por Renata Ortega
SEEB Curitiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *