Impeachment: Comissão aprova abertura de processo. São necessários 342 votos para ir ao Senado

Compartilhe esta notícia.

Por Paula Zarth Padilha, com Agência Câmara e Blog do Planalto
Terra Sem Males

Em votação que coincidiu com o horário de transmissão do Jornal Nacional, da Rede Globo, os deputados federais que fazem parte da Comissão de Impeachment na Câmara Federal aprovaram a abertura de processo contra a presidente Dilma Rousseff por 38 votos a favor e 27 votos contra.

A partir de agora, o parecer do relator Jovair Arantes será analisado pelo plenário da Câmara. São necessários 342 votos favoráveis para que o processo seja levado ao Senado Federal. A votação está agendada para o próximo domingo, 17 de abril

De acordo com o parecer aprovado, os 38 deputados federais consideraram que a presidente Dilma cometeu “crime de responsabilidade” ao “abrir créditos suplementares via decreto presidencial, sem autorização do Congresso Nacional, e em desconformidade com um dispositivo da lei orçamentária que vincula os gastos ao cumprimento da meta fiscal; e ao atrasar repasses para o custeio do Plano Safra, o que obrigou o Banco do Brasil a pagar benefícios sociais com recursos próprios – o que ficou conhecido como pedaladas fiscais”, de acordo com texto da Agência Câmara.

Temer vaza áudio simulando assumir a presidência

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) vazou um áudio nesta segunda-feira, 11, com um pronunciamento à Nação como se o processo de impeachment tivesse sido aprovado pelo Congresso. O Planalto se pronunciou oficialmente através do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini. “Ele está confundindo a apuração de eventual crime de responsabilidade da presidenta Dilma com eleição indireta. Está disputando votos”, afirmou Berzoini.

anuncio-tsm-posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *