Negócio sujo: Lixão irregular coloca famílias sem-teto em risco de despejo

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Ocupação de movimento popular evidencia que empresa Essencis comete irregularidades ambientais e fundiárias no segundo aterro sanitário de Curitiba.

Jadir de Lima denuncia irregularidades do aterro industrial da Essencis. Foto: Manoel Ramires.

A Revita Engenharia faz parte do Grupo Solví, controlador de empresas que atuam nos segmentos de Resíduos, saneamento e engenharia. O grupo mantém operações em mais de 171 cidades brasileiras. Este é o principal grupo controlador da empresa Essencis.

O segundo maior aterro privado de Curitiba e Região Metropolitana apresenta como principais problemas o fato de, desde 1996, receber os chamados resíduos industriais tóxicos perigosos e não perigosos.

Continue lendo.

Por Pedro Carrano

A partir desta terça-feira, 30 de junho, a imprensa do Sismuc, em parceria com o site Terra Sem Males, publica um dossiê com quatro matérias. As reportagens trazem denúncias sobre os contratos e a situação dos aterros sanitários em Curitiba e Região Metropolitana, pertencentes a empresas particulares. 

Um comentário em “Negócio sujo: Lixão irregular coloca famílias sem-teto em risco de despejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *