Nova ameaça de despejo amedronta famílias no Paraná

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

As mais de 50 famílias do acampamento Ester Fernandes sofrem uma nova ameaça de despejo em Alvorada do Sul, norte do Paraná, na manhã desta quinta-feira (31). Pelo menos 200 policiais, 60 viaturas e integrantes da Tropa de Choque estão no local neste momento.

A área de 692 hectares é chamada fazenda Palheta e pertence ao grupo Atalla, proprietário da Usina Central do Paraná. A fazenda foi classificada pelo Incra como grande latifúndio improdutivo em 2008, e ocupada pelos agricultores e agricultoras sem terra em janeiro de 2009.

Além da improdutividade das terras, o grupo Atalla deve cerca de R$ 650,2 milhões para a União e foi flagrado com trabalhadores em situação análoga à escravidão, a partir de investigação do Grupo Especial de Fiscalização Móvel do Ministério do Trabalho e Emprego, do Ministério Público do Trabalho e da Polícia Federal.

As famílias fazem parte da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *