Os sonhos de Pedro

Compartilhe esta notícia.

Por Júlio César Rolim, texto e fotos

No km 557 da BR 277, em Cascavel-PR, encontra-se o Acampamento Resistência Camponesa, onde os camponeses estão em vigília contra possíveis despesos. Eles lutam pelas terras há 20 anos. 52 famílias sonham de maneira definitiva em conquistarem um pedaço de chão.

Em meio a tudo isto estão as crianças, com suas brincadeiras e sonhos. Entre elas está Pedro Ernesto Gonçalves que tem 8 anos e é neto e filho de camponeses. Nascido dentro do acampamento ele carrega em seu coração um sonho, não muito difícil a ser realizado. Ao ver o sofrimento da mãe em busca de um pedaço de chão para plantar, ele traz o desejo em ter uma casa e em volta dela um jardim com rosas de todas as cores.

Pedro Ernesto, um sem terrinha sonhador.

Mas também criar vacas e cabras com o objetivo de produzir leite. Pedro sonha também em ter abelhas no lote. “Mas, elas terão que ser sem ferrão”, comenta o futuro assentado. E é claro que em sua terra terá mandioca, arroz, feijão, milho verde, abóbora, amendoim e bastante verdura para ele e quem venha precisar.

No cantinho do Pedro terão que ter muitos outros animais como porcos, cachorros, árvores para os passarinhos. E na sua formação tem um objetivo claro. Quer estudar para ser veterinário ou agrônomo.

Quando Pedro Ernesto começa a falar, ele pára e coloca as mãos nos olhos e as lágrimas começam correr pelo seu rosto. Talvez entendendo o que é um despejo. Mas ele não se entrega e continua a falar dos sonhos, sempre falando da mãe e tio, pois é o tio que ajuda a cuidá-lo.

Pedro com uma de suas tia. Na luta desde pequeno. Olhem o tamanho da abóbora que ele segura.

Pedro insiste em falar da casa dentro do lote cheio de rosas e de todas as cores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *