Pedidos de impeachment contra Beto Richa são rejeitados pelo presidente da Alep

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Polícia usa jatos de água, bombas e cães contra professores no Paraná no massacre do dia 29 de abril. Foto: Joka Madruga

De acordo com informações da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa do Paraná, foi publicado em Diário Oficial na última quarta-feira, 15 de julho, as decisões do presidente da casa, deputado Ademar Traiano, que determinam o arquivamento de três pedidos de impeachment contra o governador Beto Richa.

Mesmo com os pedidos de impeachment sendo relacionados com a conduta do governador diante do massacre contra os professores ocorrido no dia 29 de abril, que resultaram nos três processos por crime de responsabilidade, o presidente da Alep considerou que “faltaram documentos probatórios” e que a denúncia se baseou por “mera opinião sobre a conduta do governador”.

Lembrando que no dia 29 de junho, o Ministério Público do Paraná anunciou em coletiva de imprensa que havia finalizado uma investigação sobre o massacre e abriu um processo contra o governador Beto Richa por improbidade administrativa numa das varas da fazenda do Tribunal de Justiça do Paraná.

Acesse aqui a matéria divulgada pela Agência de Notícias da Assembleia Legislativa do Paraná.

Saiba mais:  Para o MP-PR, Beto Richa (PSDB) mentiu ao afirmar que haviam black blocs entre os servidores no dia 29 de abril

Por Paula Zarth Padilha
Terra Sem Males

 

Um comentário em “Pedidos de impeachment contra Beto Richa são rejeitados pelo presidente da Alep

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *