Por políticas de saúde, indígenas ocupam o Centro Cívico de Curitiba

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Integrantes de comunidades indígenas de várias regiões do Estado ocuparam na manhã desta quinta-feira, 28 de março, a Praça Nossa Senhora da Salete, em frente ao Palácio Iguaçu. O protesto é contra a extinção da Secretaria Especial da Saúde Indígena – Sesai – órgão anexo ao Ministério da Saúde.
 
Assim como no Paraná, indígenas de todo o país fazem manifestações contra a intenção do governo federal de transferir aos municípios a responsabilidade pelo cuidado com a saúde dos indígenas. Para os manifestantes essa mudança colocaria em risco a sobrevivência dessas comunidades, uma vez que os municípios não têm a mesma capacidade de cuidar do assunto.
 
São dezenas de barracas instaladas na Praça. De acordo com as lideranças da manifestação, a ideia é manter o protesto até que a intenção de municipalização seja abandonada pelo governo federal. Minutos depois do início da ocupação a Polícia Militar se posicionou no local com uma espécie de delegacia móvel, a princípio sem qualquer tom de truculência.
 
 
Texto e Fotos: Marcio Mittelbach/Terra Sem Males

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *