PROFESSORES MUNICIPAIS DE CURITIBA QUESTIONAM CONVOCAÇÃO DA PREFEITURA DE TREINAMENTO PARA IDEB

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Na semana passada, o Terra Sem Males recebeu uma denúncia de uma professora municipal de Curitiba questionando a convocação da Secretaria Municipal de Educação e da Prefeitura Municipal para treinamento de professores de português e de matemática com o objetivo de melhorar o resultado do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). A chamada Prova Brasil será aplicada para os estudantes em novembro e até lá, os professores do 5º ano do ensino fundamental de Curitiba devem se revesar em “permanências concentradas”.

De acordo com relato, “as professoras são obrigadas a ir, e ameaçadas com penalidades caso não participassem. As alfabetizadoras dos núcleos de educação levam planejamentos prontos, com textos e problemas das Provas Brasil anteriores, inclusive xerocados na quantidade certa de alunos para cada turma, que as professoras devem ‘APLICAR’ em sala de aula com os estudantes”.

De acordo com publicação do SISMMAC, sindicato da categoria, diversas denúncias chegam à entidade sobre o formato e o calendário do treinamento. O sindicato salienta que o conteúdo não está sendo questionado, mas que os professores têm restrições sobre a forma que o Ideb é aplicado como forma de avaliação dos alunos.

Acesse aqui a denúncia publicada no SISMMAC.

Confira abaixo a reprodução do documento enviado ao Terra Sem Males sobre a convocatória:

Reprodução de documento enviado ao Terra Sem Males com a convocatória para a permanência.
Reprodução de documento enviado ao Terra Sem Males com a convocatória para a permanência.

denuncia_ideb2

 

Por Paula Zarth Padilha
Terra Sem Males

 

anuncio-tsm-posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *