Profissionais da saúde municipal de Curitiba estão em greve

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Nova assembleia de avaliação de proposta será realizada nesta segunda, às 15 horas, em frente à Prefeitura. 

Servidores públicos municipais de Curitiba estão em greve nesta segunda-feira (30). Foto: Joka Madruga/Sismuc.

Teve início na manhã desta segunda-feira, 30 de março, a greve dos servidores públicos municipais da saúde, que prestam atendimento nas UPAs de Curitiba. A concentração foi às 9h na Praça Santos Andrade, quando deram início à uma passeata em direção à Prefeitura. Uma reunião com o prefeito estava marcada para as 10h30, mas foi transferida para o Edifício Delta, localizado na Av. João Gualberto, onde funciona um espaço da Prefeitura.

De acordo com informações divulgadas pelo Sismuc, sindicato que representa a categoria, a reunião com representantes da prefeitura terminou perto das 13h, com apresentação de proposta que será avaliada em assembleia na tarde desta segunda, às 15h, em frente à Prefeitura, no Centro Cívico.

O movimento grevista protesta contra o calote do prefeito Gustavo Fruet, já que na sexta-feira (20), trabalhadores notaram, em seus contracheques, a falta de pagamentos retroativos, confusão na distribuição de horas extras e ausência de programa de valorização. A pauta é o cumprimento integral do que já foi acordado em mesa de negociação, promessas que condicionaram a suspensão da Greve da Saúde no dia 3 de fevereiro.

Saiba mais: Greve da Saúde começa na segunda-feira em todas as unidades

É greve! Equipe do SUS retoma mobilização em Curitiba

Por Paula Padilha
Terra Sem Males

 

Um comentário em “Profissionais da saúde municipal de Curitiba estão em greve

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *