Quedas do Iguaçu amanhece com mais de 20 viaturas do Bope, caveirão e atiradores de elite

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Na manhã deste sábado, 9 de abril, a praça de Quedas do Iguaçu, Paraná, local onde haverá o Ato Nacional contra a violência, em solidariedade às famílias das vítimas do acampamento Dom Tomás Balduíno, e pela Reforma Agrária, grande quantidade de policiais militares e viaturas, além do caveirão de choque, já estão no local.

A manifestação reunirá amigos, militantes dos movimentos sociais, sindicais, de direitos humanos, em memória dos dois membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) que foram mortos pela polícia e por seguranças da Araupel na última quinta-feira, 07 de abril.

De acordo com relatos, o carro em que os assassinados estavam tinha muitas marcas de tiros. Os feridos e demais trabalhadores rurais saíram correndo pela mata para se esconder. A polícia não permitiu que familiares e amigos chegassem perto dos corpos.

Confira fotos exclusivas de Joka Madruga, que está em Quedas do Iguaçu para acompanhar o ato:

 

Caveirão da Polícia Militar na praça de Quedas do Iguaçu. Foto: Joka Madruga/Terra Sem Males.
Caveirão da Polícia Militar na praça de Quedas do Iguaçu. Foto: Joka Madruga/Terra Sem Males.
Grande número de policiais militares na praça de Quedas do Iguaçu. Foto: Joka Madruga/Terra Sem Males
Grande número de policiais militares na praça de Quedas do Iguaçu. Foto: Joka Madruga/Terra Sem Males

 

Confira outras noticias relacionadas:

Ensaio fotográfico sobre o Acampamento Dom Tomás Balduíno em Quedas do Iguaçu.

Assassinatos dos sem terra coincidem com saída da Força Nacional de Segurança de Quedas do Iguaçu (PR)

24 horas num acampamento sem terra

Pinga-Fogo: Cadáveres de Rossoni

Coletiva de imprensa do MST

Centrais sindicais do Paraná se solidarizam com o MST

Ato contra a violência, de solidariedade às famílias das vítimas e pela Reforma Agrária.

anuncio-tsm-posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *