Senado anuncia que CPI do HSBC terá início nas próximas semanas

Compartilhe esta notícia.

Irregularidades na abertura de contas ocultas serão investigadas por 180 dias.

Foto: Joka Madruga

A Agência Senado publicou hoje que a CPI do HSBC está prestes a iniciar as investigações. O Senador Randolfe Rodrigues, que propôs a CPI, anunciou que as investigações, que terão duração de 180 dias, começarão com a apuração se a Receita Federal e o Coaf [Conselho de Controle de Atividades Financeiras] acompanharam essas contas ou não. “Se não acompanharam, saber por quê não. Temos de buscar colaboração dos Ministérios Públicos francês, suíço e espanhol, que já têm investigações avançadas”, disse o senador.

A CPI do HSBC será formada por 11 membros titulares e 6 suplentes. O objetivo do Senado é esclarecer sobre as mais de 8 mil contas de brasileiros na Suíça, quais incorreram em crime de evasão fiscal e quais são de fato regulares.

O Senado prevê despesas de R$ 100 mil com a CPI do HSBC.

Por Paula Padilha
SEEB Curitiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *