Sete mil trabalhadores vão às ruas contra a empresa Araupel e a favor do MST

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

A mobilização faz parte da Jornada Nacional de Lutas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.

Foto: Danielson Postinguer/MST

Nesta terça-feira (04/08) em Quedas do Iguaçu-PR, mais de 7000 trabalhadores e trabalhadoras seguiram em marcha contra a empresa Araupel e os meios de comunicação controlados por ela, em especial à Rádio Municipal FM, que tem criminalizado o MST.

Foto: Danielson Postinguer/MST

Em maio de 2015, as empresas Araupel e Rio das Cobras Reflorestamento foram derrotadas na Justiça Federal de Cascavel pelo Incra, que obteve sentença favorável ao reconhecimento de que as terras onde está instalado o Assentamento Celso Furtado são pertencentes à União, por ser região de fronteira, e não são passíveis de usucapião.

Foto: Danielson Postinguer/MST
Foto: Danielson Postinguer/MST

Joka Madruga
Terra Sem Males, com informações da equipe de comunicação do Acampamento Herdeiros da Luta: 1º de Maio.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *