Todos às ruas dia 20/08 contra a intolerância e pela Democracia

Colabore com o jornalismo independente, compartilhe.

Nem palmas ao governo Dilma Rousseff, nem golpe.

Os atos programados para a próxima quinta-feira (20) em todo o país defenderão uma agenda de reformas à esquerda, que fuja da atual política econômica recessiva e, aliado a isso, reunirão indignados com a intolerância e a revolta seletiva das marchas do último dia 16.

Em coletiva no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo na segunda (17), dirigentes da CUT, MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), UJS (União da Juventude Socialista), UNE (União Nacional dos Estudantes) e Intersindical ressaltaram que as manifestações serão de cobrança e crítica, mas muito distantes das manifestações de ódio que tomaram o país.

Embora a mídia tradicional tenha falado em manifestações “pacíficas”, os atos de domingo tiveram até pregações de morte a quem pensa diferente.

Em São Paulo, os manifestantes se concentrarão às 17 horas, no Largo da Batata, em Pinheiros, e seguirão em marcha até o vão livre do MASP, na Avenida Paulista.

Em Curitiba, a concentração será as 11h na Praça Santos Andrade.

Também estão confirmados atos em mais outras 11 cidades: Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Salvador, Goiânia, Fortaleza, Belém, Belo Horizonte, Porto Alegre e Florianópolis. Outras cidades também devem divulgar a mobilização até o final do dia.

Continue lendo no site da CUT.

Luiz Carvalho, CUT Brasil
Edição: Joka Madruga, Terra Sem Males

anuncio-tsm-posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *