2º Festival de Ópera traz opções baratas e gratuitas de música erudita

Compartilhe esta notícia.

Curitiba é palco de uma série de apresentações voltadas a música erudita. Mais especificamente a ópera. Até o dia 7 de novembro acontecem récitas, seminário e cursos de temas ligados à ópera.

Divulgação Teatro Guaíra
Edição: Manoel Ramires

Neste fim de semana ocorre o encerramento do festival com destaque para obras italianas e um concerto de milongas. Nesta sexta-feira, 25, na Casa Heitor Stockler de França, é apresentada “La Serva Padrona”.  Trata-se de uma ópera cômica que conta a história de uma criada namoradeira que finge ser a própria patroa para enganar o amante.  O libreto da ópera é de Gennaro Antonio Frederico e é dividido em duas partes. A história acontece em Nápoles, no começo do século 18. Pergolesi tornou-se conhecido por esta obra que foi escrita em 1733. Logo após a sua morte, as obras foram muito tocadas por toda a Itália e por muitos países europeus.

Ainda nesta sexta e no sábado, a música portenha ganha destaque em Curitiba no Concerto Tangos e Milongas – Estaciones – Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba.  O programa traz ao público a Orquestra de Cordas da Cidade de Curitiba interpretando uma das formas musicais mais conhecidas em todo o mundo por meio da dança, o tango, através de obras imortais de Astor Piazzolla, como Cuatro Estaciones Porteñas e Libertango, e de La Cumparsita, de Matos Rodriguez, entre outras. O espetáculo terá ainda a participação especial do bandoneonista argentino Pablo Valentin e dos bailarinos de tango Valentin Cruz (Argentina) e Marlise Machado (Rio Grande do Sul).

O festival se encerra no domingo com a apresentação de Papilio Innocentia. Esta será a primeira vez que a ópera será montada na íntegra. O compositor Leo Kessler nasceu em Schiers, Suíça, em 12 de setembro de 1882. Veio ao Brasil em 1911, com um musical da Companhia de Operetas Alemãs Papke. Chegou a Curitiba e fixou residência. Kessler foi comissionado a escrever uma ópera a ser apresentada no Theatro Guayra de então (na atual alameda Dr. Muricy) em 1912. Após três anos de trabalho, o material recebeu libreto escrito por Emiliano Perneta, baseado em obra de Visconde de Taunay.

PROGRAMAÇÃO

La Serva Padrona
25/11 às 18h
Casa Heitor Stockler de França
Regência: Jean Reis
Entrada gratuita

Barca di Veneza per Padova
25/11 às 20h
Coro e Orquestra da Camerata Antiqua de Curitiba.
Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha)
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00. Desconto de 50% para o Clube Gazeta do Povo

Concerto Pucciniana
26/11 às 14h
Enredo baseado em árias de Puccini
Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha)
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00. Desconto de 50% para o Clube Gazeta do Povo

A Chorus Line
26/11 às 16h
Teatro musical de Marvin Hamlisch e O Homem de La Mancha, teatro musical de Mitch Leizh
Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha)
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00. Desconto de 50% para o Clube Gazeta do Povo

Concerto Tangos e Milongas – Estaciones – Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba
25/11 às 20h
26/11 às 18h
Regência: Arthur Barbosa
Capela Santa Maria

Papilio Innocentia
27/11 às 18h
Ópera brasileira de Leo Kessler (estreia mundial)
Direção de Gehad Hajar
Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha)

anuncio-tsm-posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *