A barricada fecha a rua

Compartilhe esta notícia.

Contorno Sul é foco de protestos por moradia em Curitiba

MPM ergue barricadas no Contorno Sul para reivindicar moradia. Foto: Phil Batiuk.

Moradores das ocupações Tiradentes, Nova Primavera e 29 de Março, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), exigem o fim de um leilão que poderia despejar 1200 pessoas que habitam a Tiradentes. Quase 500 mulheres e homens com bonés, camisetas e bandeiras do Movimento Popular por Moradia (MPM) cantavam marchas como “Aqui tem um bando de louco, louco por moradia. Aqueles que acham que é pouco não conhecem a noite fria”.

A barricada, que parou mais de 12 quilômetros de trânsito no Contorno Sul (BR-376), abre caminho para a moradia. Em levantamento de 2013, a Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) já contabilizava 74.589 famílias em fila de espera. Hoje pela manhã, enquanto os pneus queimavam e as pessoas cantavam palavras de ordem para alertar sobre o problema da moradia, outros 300 se manifestavam em frente à Prefeitura de Curitiba.

Continue lendo

Por Phil Batiuk
Sismuc

One thought on “A barricada fecha a rua

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *