Agentes penitenciários do Paraná aderem à greve geral

Compartilhe esta notícia.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná convoca a categoria para participar dos protestos que ocorrerão na próxima sexta-feira, 28/4, contra as reformas trabalhista e previdenciária. Em todo o Brasil está sendo convocada greve geral de trabalhadores em protesto à retirada de direitos, proposta pelo governo de Michel Temer.
 
No Paraná, os agentes penitenciários que estiverem de folga devem se unir às demais categorias nos atos que se realizarão em suas cidades (ver programação abaixo).
 
Os agentes que estiverem de plantão na sexta-feira devem seguir o caderno de segurança do DEPEN rigorosamente.
 
Reivindicação
Os servidores do sistema penitenciário não aceitam a mudança na Constituição Federal, que retira a possibilidade de aposentadoria diferenciada pelo risco da atividade profissional. Se aprovada tal qual a proposta de Temer, a PEC 287 retira dos agentes penitenciários a possibilidade de uma aposentadoria especial, obrigando a categoria a trabalhar até os 65 anos em um fundo de cadeia.
 
Após inúmeras reuniões e protestos em Brasília, juntamente com as categorias policiais, os agentes penitenciários foram incluídos pelo relator da PEC 287 nas regras de exceção da matéria. Porém, horas após o anúncio no último dia 19, Artur Maia (PPS-BA) emitiu uma errata na qual retirou os servidores penitenciários das condições dos policiais, revoltando a categoria.
 
Veja os locais de protesto em cada cidade:
Curitiba – Praça Nossa Senhora de Salete, às 9h
Cascavel – Praça da Matriz, às 10h
Foz – Bosque Guarani, às 8h
Maringá – Av. XV de Novembro, em frente ao INSS, às 9h
Londrina – No terminal de ônibus da Leste-Oeste, às 9h
 
Clique aqui e saiba onde terão atos em outros locais no Brasil.
 
Por Waleiska Fernandes
Sindarspen/PR
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *