Araguaia: em busca da verdade e dos desaparecidos

Compartilhe esta notícia.

Após 35 anos, os familiares dos desaparecidos políticos do Araguaia poderão ter respostas.

Escavações em busca dos desaparecidos na Guerrilha do Araguaia. Foto: Jean Brito

A Comissão da Verdade do Pará está na região do Araguaia em busca dos mortos e desaparecidos políticos no período da ditadura militar. É uma das tarefas mais urgentes no sentido de completar a nossa transição democrática e um direito dos familiares que há 35 anos lutam pelo direito, legítimo, de dar a última morada aos que, com suas vidas, se lançaram ao mais renhido combate pelas liberdades públicas.

Objetos encontrados nas escavações. Foto: Jean Brito

Antropólogos e arqueólogos que pesquisam sepultamentos estão na Serra das Andorinhas/Martírios (PA). O trabalho nas ‘montanhas do Pará’ exige longas escaladas por escarpas em meio à estrutura ruiniforme de 500 milhões de anos, uma das mais antigas estruturas geológicas do Brasil. Ali, nos Martírios, cujo cume atinge 600 metros, a repressão política sepultou,segundo diversos relatos, muitos dos desaparecidos políticos na Guerrilha do Araguaia.

A investigação pretende encontrar os restos mortais dos desaparecidos políticos na região do Araguaia. Foto: Jean Brito

Fotos de Jean Brito e texto de Paulo Fonteles Filho.
Terra Sem Males

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *