Bispo de Crato chama os fiéis para a luta contra a reforma da previdência

Compartilhe esta notícia.

Durante a celebração da Santa Missa em memória do padre Cícero Romão, na manhã desta quinta-feira (20), o bispo dom Gilberto Pastana, bispo da diocese de Crato-CE, conclamou os fiéis à consciência e à luta coletiva pela garantia dos direitos ameaçados pela Reforma da Previdência, proposta pelo Governo.
 
Em sua homilia no largo do Socorro, em Juazeiro do Norte-CE, o pastor diocesano disse aos milhares de romeiros que “é importante estarmos atentos aos acontecimentos do Brasil”, referindo-se, de modo particular, às leis que tramitam no Congresso e que “não favorecem a vida e a ressurreição”.
 
“Estão matando, cada vez mais, o povo, a vida do povo”, prosseguiu ele, comentando o Evangelho de São Lucas (Lc 24, 35-48) sobre o seguimento do Senhor, que deve acontecer de forma pessoal, mas também coletiva, para todo o povo. “É essa coletividade, é esse ‘caminhar junto’ que influenciam o nosso modo pessoal de viver a fé”, afirmou.
 
Na celebração, que teve a presença dos padres Agostinho (Igreja dos Salesianos), Francisco Luis (Nossa Senhora de Lourdes, Juazeiro) Cícero Mariano (Missão Velha), Luciano Virgulino (São João Bosco, Juazeiro), Ssleer (Guarulhos), Frei Barbosa (Igreja dos Franciscanos), Cícero José da Silva, Cícero Gomes, Paulo Pereira e Antônio Romão (Basílica Santuário), além dos diáconos, o bispo ainda exortou que é “juntando os nossos pensamentos, juntando as nossas vidas que seremos sempre fortes nesta Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo”.
 
Caminhada pela Vida
Ao final da Santa Missa, o bispo dom Gilberto também conclamou a participação dos fiéis na “Caminhada pela Vida, Contra a Reforma da Previdência”, organizada pela Forania II, marcada para acontecer no próximo dia 28/04, às 16h, na Praça Padre Cícero, em Juazeiro, seguida de passeata até o Santuário de São Francisco, onde haverá celebração eucarística.
 
Reforma da Previdência à luz da CNBB
“Ai dos que fazem do direito uma amargura e a justiça jogam no chão”
(Amós 5,7). Assim começa a nota da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 287/16) “REFORMA DA PREVIDÊNCIA”.
 
Assinada pelo Cardeal Sergio da Rocha (arcebispo de Brasília e presidente da CNBB), dom Murilo S. R. Krieger (arcebispo de São Salvador da Bahia e vice-presidente) e dom Leonardo Ulrich Steiner (bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral), a nota pede aos católicos que estejam atentos às “ameaças de retrocessos” e que nenhuma reforma pode afetar direitos básicos da população, menos ainda ser formulada sem a devida discussão com o conjunto da sociedade e suas organizações.
 
Foto: Rozelia Costa
 

10 thoughts on “Bispo de Crato chama os fiéis para a luta contra a reforma da previdência

  • 28 de abril de 2017 em 11:23
    Permalink

    Sinto-me feliz pela participação essa igreja católica em favor dos mais necessitados!

    Resposta
    • 4 de junho de 2019 em 7:01
      Permalink

      Enquanto o bispo de Parintins fica falando que a população é culpada pela cidade suja. Sem exigir que o poder publico cumpra a sua tarefa de gestor. Esse bispo vai bem mais longe nao no retrocesso. Mas na politica de boas politicas publicas que favorecam a vida da populacao com seus direitos conquistados e jamais para atender a sanha infame do capital.

      Resposta
  • 3 de junho de 2019 em 12:34
    Permalink

    Jamais se reconstruirá a nação a custa da indigência dos normalmente já são sacrificados.

    Resposta
  • 3 de junho de 2019 em 16:06
    Permalink

    O bispo diz, conforme segundo parágrafo da matéria, que as leis que tramitam no Congresso “não favorecem a vida e a ressurreição”. Como assim? A ressurreição depende de leis humanas?

    Resposta
  • 3 de junho de 2019 em 20:37
    Permalink

    Esse padre le isoladamente algum trecho da biblia sem analizar o envangelhlo de Cristo por completo…assim fazem os comunistas. É lamentavel a igreja defender a corrupcao do Lula e seus comparsas e pior ainda colocou sua familia como laranja nessas roubalheiras deixando o Brasil no caos…
    E querm mnter tudo pra transformar nosso pais numa Venezuela que com todo o petroleo esta matando o povo dd fome…O padre acorda…

    Resposta
  • 4 de junho de 2019 em 21:36
    Permalink

    Parabéns pela iniciativa do pe. Cícero Romão conclamando os católicos numa, “Caminhada pela Vida, Contra a Reforma da Previdência”, um tema gritante, que exige união, muito esforço para combater o erro que está sendo implantado no país. Espero que outros estados da União também se unam no mesmo esforço, na luta para acabar com a reforma, que não contempla a população que mais precisa da Previdência Social.

    Resposta
  • 5 de junho de 2019 em 14:25
    Permalink

    Isto é o que a teologia da libertação tem feito, o uso da igreja de Jesus para defender o comunismo ensinado por Marx. Sou católico mas não obedeço a este pastor que só envergonha a igreja.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *