Campanha dos jornalistas: Patrões recuam e oferecem inflação integral

Compartilhe esta notícia.

Foto: Regis Luís Cardoso

A data para a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho dos Jornalistas ficará para as próximas reuniões. De novidade, os empresários colocaram na mesa de negociação o reajuste sem parcelamento, recuando da investida inicial. Os empresários agora se reunirão para discutir a decisão dos jornalistas, que negaram todas as propostas que previam a retirada de direitos da convenção.

“Após a negativa para todos os itens vindos das empresas de comunicação, agora eles vieram com o reajuste seguindo o INPC. O que não ficou definido é se o índice usado será o regional ou o nacional. O Sindijor vai agora definir o que será prioridade para a próxima mesa de negociação”, explicou Gustavo Vidal, diretor-presidente da entidade que defende jornalistas.

Na conversa de hoje (23), a direção do Sindijor levou aos patrões as necessidades da categoria. “Os profissionais vêm perdendo poder de compra há anos”, disse Sidnei Machado, assessor jurídico do Sindicato. Questões sociais também foram pontuadas. “Os jornalistas querem reconhecimento e valorização. Por isso cláusulas sociais foram separadas das econômicas, já que essas não alteram nos gastos das empresas”, completou Gustavo Vidal.

Continue lendo

Por Regis Luís Cardoso
SindijorPR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *