Com nova proposta de reajuste para servidores estaduais, assembleia da APP é marcada

Compartilhe esta notícia.

APP Sindicato convoca categoria para assembleia na próxima terça-feira, 09.

Foto: Joka Madruga/APP Sindicato.

Na última quarta-feira, 03 de junho, os deputados estaduais do Paraná, governistas e da oposição, entraram em consenso e apresentaram uma nova proposta de reajuste que contemplaria todos os servidores públicos do Estado. A proposta só será colocada em votação na Assembleia Legislativa se houver aprovação das categorias de trabalhadores e do governo.

O indicativo de data da assembleia já havia sido adiantada pelo presidente da APP Sindicato, Hermes Leão, em entrevista exclusiva ao Terra Sem Males. A assembleia que irá deliberar pela aceitação ou não da proposta e possível encerramento da greve será realizada na próxima terça-feira, 09 de junho, em local a ser definido.

Nova proposta – O líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná, deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli, apresentou uma nova proposta sobre a data-base dos(as) servidores(as) aos representantes do Fórum Estadual dos Servidores (FES) e à direção da APP-Sindicato. O texto foi formulado pelos deputados – e não pelo governo do Estado. O projeto de lei deverá estabelece uma regra para os próximos três anos:

– Outubro de 2015: pagamento de 3,45% (referente a inflação de maio a dezembro de 2014);
– Janeiro de 2016: pagamento da data base referente a 2015 (aproximadamente 8,5%);
– Janeiro de 2017: pagamento da data base referente ao ano de 2016 + 1% (de ganho real);
– Maio de 2017: pagamento da inflação (IPCA) referente ao período de janeiro a abril de 2017;
– Retirada do Artigo 2º, que condicionava o pagamento a disponibilidade financeira do Estado;
– Retirada do Artigo 6º do texto do PL da data base (que acabava com o PSPN Paraná).

Para saber sobre faltas, descontos e processos administrativos da greve, acesse aqui matéria divulgada pela APP Sindicato.

Por Paula Zarth Padilha
Terra Sem Males

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *