Comerciante espera definição de Belo Monte para sair de área que será inundada

Compartilhe esta notícia.

Osmarino, comerciante no “Baixão”. Foto: Joka Madruga/Terra Sem Males

O comerciante Osmarino da Fonseca Ribeiro, 54 anos, ainda não foi realocado do bairro Boa Esperança, conhecido como “Baixão”, em Altamira-PA, e que será inundado pelo lago da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. Segundo ele, a Norte Energia, empresa responsável pelas obras, ainda não avaliou seus documentos e não quer pagar a indenização de seu comércio. Sua vontade é ir para o reassentamento Água Azul.

Seu estabelecimento, que também é sua residência, é um dos poucos imóveis que ainda não foi demolido.

Por causa da insegurança só sai de casa, todos os dias, para levar suas duas filhas para a escola de motocicleta. Primeiro leva uma e volta para buscar a outra. “Estamos sem segurança nenhuma, eu tenho medo de qualquer hora aparecer algum vagabundo aqui e me roubar. Já assaltaram meus vizinhos. E por ter comércio aqui podem pensar que eu tenha muito dinheiro”, relata “seo” Osmarino.

Questionado sobre quando será notificado pela Norte Energia para sair do local, disse que não deram uma data definitiva.

Por Joka Madruga
Terra Sem Males

O repórter fotográfico Joka Madruga está em Altamira (PA) pelo projeto Águas para a Vida. As informações estão sendo publicadas em seus perfis nas redes sociais e no portal terrasemmales.com.br.

Para contribuir, acesse jokamadruga.com/aguas.

One thought on “Comerciante espera definição de Belo Monte para sair de área que será inundada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *