Comunicação popular para consciência política

Compartilhe esta notícia.

‘A comunicação como estratégia de luta para a classe trabalhadora’ foi tema de mesa de debate do 3º Curso de Comunicação Popular, na manhã desta sexta-feira (14).

Presente no evento, o cubano Alcides Nailovis García Carrazana, integrante da Alternativa Bolivariana para os Povos da Nossa América (Alba Movimentos) citou as experiências de lutas revolucionárias na América Latina e no Brasil, e lembrou a necessidade de articular estratégias para além das estruturas governamentais.

Destacando a importância da disputa política, Alcides afirma que a problematização da comunicação do ponto de vista político é essencial para a formação de profissionais e para a produção de conteúdo de comunicação. Segundo ele, se nos concentramos apenas em produzir, reduziremos nossos resultados finais apenas ao capital. “Não se pode construir o socialismo legitimando modelos de forma de produção capitalista”, ressalta.

O curso de comunicação popular se apresenta, portanto, como ferramenta de formação para o enfrentamento dessa lógica que entende a comunicação como uma parte do processo e não como meio integrante desse processo. Construir uma alternativa a essa hegemonia a fim de conquistar a democratização da comunicação, está intrinsecamente ligado a enfrentar o modelo vigente que transforma a comunicação em capital, segundo as observações do integrante do movimento revolucionário de Cuba.

Continue lendo

Por Dayse Porto

anuncio-tsm-posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *