Contribua com o documentário “Arpilleras: bordando a resistência”

Compartilhe esta notícia.

O Movimento Nacional dos Atingidos por Barragens (MAB) está produzindo um documentário para retratar violações cometidas contra mulheres na construção de barragens. O “Arpilleras: bordando a resistência” será viabilizado com financiamento coletivo e contra com a sua contribuição para resgatar a experiência do bordado contra a opressão de gênero.

O projeto “Arpilleras: bordando a resistência” procura transgredir o papel da costura, que historicamente serviu para reforçar o lugar imposto às mulheres: dentro de casa.

Através de uma técnica de bordado conhecida como “arpillera”, originada na resistência à ditadura militar chilena, o documentário busca retratar a história de cinco mulheres das cinco regiões do Brasil que, apesar das singularidades geográficas, culturais e pessoais, carregam algo em comum: suas vidas foram brutalmente afetadas pela construção de barragens.

Acesse o site do catarse e faça sua doação.

No período de 28 dias, o MAB precisa arrecadar R$ 25 mil para produzir o documentário. A entidade promoveu mais de 100 oficinas de bordado pelo país, ajudando mais de 900 mulheres, que utilizaram a técnica para denunciar as diversas formas de violência que sofrem.

Por Paula Padilha
Terra Sem Males

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *