Curitiba sedia 1ª Marcha do Orgulho Crespo neste sábado (12)

Compartilhe esta notícia.

Por Movimento Marcha do Orgulho Crespo

O Movimento Marcha do Orgulho crespo chega a Curitiba em sua primeira edição. A marcha está marcada para este sábado, dia 12 de novembro. A concentração ocorre às 14h em frente à escadaria da Universidade Federal, na Praça Santos Andrade.

O evento conta também com atrações culturais de música, poesia, mini palestra sobre estética e empoderamento e dança, como o Aulão de Charme ministrada por Rob Júnior do Rio de Janeiro.

A Marcha objetiva ser um instrumento contra o preconceito e o racismo. A Marcha do Orgulho Crespo é um movimento nacional de valorização da estética afro-brasileira. O movimento originado em São Paulo chega a Curitiba na sua primeira edição no mês da consciência negra e prima pelo resgate da identidade e autoestima através da representatividade.

O protagonismo da mulher negra também é uma das pautas que norteiam o movimento. Em Curitiba a Marcha está sendo organizada pela cantora Michele Mara Domingos e pela modelo Cassia Melissa. As pressões e cobranças para que se enquadrem num nos padrões de beleza cultural é historicamente maior sobre as mulheres negras.

Recentemente Michele Mara foi impedida de provar um acessório de cabelo numa loja de Curitiba por ter o cabelo afro. O caso foi denunciado nas redes sociais e chamou a atenção para o debate. Cassia Melissa passou por um corte químico ao se submeter a um procedimento para alisar o cabelo e após isso resolveu assumir os cabelos crespos.

Um estudo feito pelo Kantar WorldPanel (2012) mostra que 51,4% das brasileiras têm os cabelos cacheados e crespos. Entre elas, apenas 30% assumem os fios naturais. A meta é inverter essa proporção e também ampliar o espaço de debate acerca das demandas das mulheres negras enquanto consumidoras.

Não é incomum ver crianças sofrerem bullying na escola devido ao cabelo. Historicamente as mulheres com cabelo crespo, em especial as negras, ganham apelidos pejorativos e ainda atualmente continuam sendo objetificadas e taxadas como símbolo sexual, alimentando assim o ciclo de violência e exclusão social.

SERVIÇO
1ª Marcha do Orgulho Crespo – Curitiba
Data: 12 de novembro de 2016
Local: Praça Santos Andrade
Horário: 14h

anuncio-tsm-posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *