Encarando os líderes

Compartilhe esta notícia.

Por Roger Pereira
Terra Sem Males

Mais uma vez o Furacão mostrou que pode jogar de igual para igual contra qualquer time deste Campeonato Brasileiro. E mais. Ao bater o líder Corinthians por 2 a 0 na Baixada, três dias depois de ter perdido para o Sport pelo mesmo placar, o Atlético volta a demonstrar que se sai melhor contra os times considerados grandes do que contra os pequenos, já tendo perdido pontos para Vitória, Chapecoense e Coritiba, por exemplo.

Tal retrospecto e a atuação contundente de ontem animam por conta da sequência de jogos que o clube tem neste período de Jogos Olímpicos. Depois de desbancar o “todo poderoso”, o Atlético tem pela frente Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG, todos brigando pelas primeiras posições do campeonato.

É essa sequência de quatro jogos que vai definir por o que o Furacão vai brigar nesse torneio. Vencer o Palmeiras, na semana que vem, é fundamental para manter a invencibilidade em casa e apagar a má impressão da estreia, quando fomos goleados por 4 a 0 em São Paulo. Mas não é o bastante. Será preciso roubar pontos de Flamengo e Galo, fora de casa, para manter-se no bolo que disputa uma das vagas na Libertadores.

A bela atuação de quarta-feira, em rede nacional, ainda deu mais dois alentos para o torcedor atleticano: a comprovação da recuperação de Walter e a segurança de que Santos poderá segurar as pontas enquanto Weverton estará a serviço da seleção. Se conseguir bater o Palmeiras e buscar alguns pontinhos nestes dois jogos fora de casa, o Furacão se consolida na briga, pelo menos, pelo G4. Aí é parar de perder pontos para times de baixo da tabela e impor respeito nos grandes…

anuncio-tsm-posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *