EXCLUSIVO | Pré-candidatos avaliam 1º debate realizado em Curitiba

Compartilhe esta notícia.

Por Paula Zarth Padilha e Joka Madruga
Terra Sem Males

Após a realização da sabatina com três dos pré-candidatos à Prefeitura de Curitiba, eles deram um depoimento ao Terra Sem Males avaliando a iniciativa proposta pelo Circo da Democracia, de promover o debate em praça pública, acessível à toda população, e com questionamentos feitos por representantes de organizações comunitárias e dos movimentos sociais.

Confira os depoimentos exclusivos, em ordem alfabética:

Requião Filho (PMDB/Rede)

Requião Filho. Foto:Joka Madruga/Terra Sem Males
Requião Filho. Foto:Joka Madruga/Terra Sem Males

“Quem não tem medo de debater vem a qualquer debate. É uma iniciativa louvável  trazer as pessoas para discutir com os candidatos, não só o pessoal que vem com perguntas prontas e estudadas de acordo com o que a mídia tem interesse”.

Tadeu Veneri (PT)

Tadeu Veneri Foto:Joka Madruga/Terra Sem Males
Tadeu Veneri Foto:Joka Madruga/Terra Sem Males

“A gente tem um momento aberto, não tem regras rígidas, não é um debate agressivo, porque se faz entre pessoas, mesmo pensando diferente, ou semelhante, às vezes acaba incorrendo em questões que não têm a ver com o debate, ele é bem objetivo. Eu acho que as pessoas que tiveram a oportunidade de ouvir, independente da sua preferência e opção de candidatura, puderam ter pelo menos hoje uma postura e posição de cada um dos candidatos. Foi produtivo para nós todos”.

Xênia Mello (PSOL/PCB)

Foto:Joka Madruga/Terra Sem Males
Xênia Mello. Foto:Joka Madruga/Terra Sem Males

“É um desafio, uma maratona muito exaustiva, eu estou muito cansada, e uma das coisas que eu pensei hoje muito é como a militância exige que a gente fique longe dos nossos filhos, muitas vezes pra cumprir essa tarefa de ser candidata. A gente precisa criar novas formas de construir a campanha e avaliar nossos candidatos, porque essa forma de muitas perguntas, um debate longo, se eu tivesse um filho pequeno, que eu amamentasse eu já não ia conseguir amamentar. A gente não pode construir formas de política que nos afastem da nossa família, das pessoas que a gente ama”.

Acesse aqui as fotos do debate

anuncio-tsm-posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *