Gastronomia: chef brasileiro viaja o mundo e organiza livro com receitas à base de maconha

Compartilhe esta notícia.


Gustavo Colombeck mostra que planta é versátil e vai bem desde a entrada até a sobremesa 

A Editora MolusComix traz uma novidade para quem gosta de encarar as panelas e experimentar novos sabores, o inusitado Manual da Culinária Cannabica, um livro que reúne receitas elaboradas pelo chef brasileiro Gustavo Colombeck. Todas elas trazem um ingrediente em comum: a maconha.

Colombeck é natural do Espírito Santo, mas em 2016 mudou-se para o Uruguai. Formado em Gastronomia em sua terra natal, ao chegar ao país onde o consumo da erva é permitido desde 2014, ele percebeu uma oportunidade única de unir suas paixões: a maconha e a cozinha. O chef conta que encontrava muitas pessoas vendendo cookies e brownies com maconha nas ruas e, por isso, decidiu inovar, fazendo o mesmo com os alfajores, o doce mais popular no Uruguai. Ele montou uma barraca em uma feira e no primeiro dia vendeu toda a sua produção.

Em poucos meses, Colombeck tornou-se uma referência na culinária canábica em todo o mundo. “Queria muito viver a experiência de morar num lugar onde o cultivo e o consumo da ganja não fossem criminalizados, como no Brasil. Também viajei pela Europa, estive em cidades como Barcelona, Amsterdam e Lisboa visitando clubes e conhecendo os chefs que se arriscaram na culinária cannabica”, conta.

Agora, essas experiências profissionais de Colombeck podem ir para as mãos dos leitores. A partir do dia 06 de agosto, entra no ar o financiamento coletivo para que a publicação do livro Manual da Culinária Canábica seja possível. “As 40 receitas que compõem este livro foram criadas durante minhas viagens e no meu projeto Chef Weed House, no qual o desafio é chegar na casa de alguém e cozinhar com maconha usando os ingredientes que se tem à mão. A vida me preparou para o improviso”, pontua.

O Manual da Culinária Cannabica vai muito além dos populares brisadeiros. São molhos, entradas, pratos principais, sobremesas, sucos, drinks, chás e cafés, isso porque, segundo Colombeck, a planta é versátil: “Flor, folha, semente, terpenos, THC e CBD, tudo pode ser usado para explorar o sabor, o aroma e, claro, a chapação. O resultado é incrível e as receitas são fáceis”, garante.

Para garantir um exemplar do Manual da Culinária Cannabica, basta acessar http://catarse.me/culinariacannabica. O Catarse funciona como uma plataforma de financiamento para ideias criativas, em forma de pré-venda.

Nas primeiras 48 horas o livro pode ser apoiado por R$90,00 (aproximadamente 30% de desconto), e no decorrer da campanha por R$105,00 (aproximadamente 20% de desconto).  A versão digital do livro fica por R$50,00. É possível ainda levar o livro com outras obras do catálogo da editora, como Diário de Uma Mãeconheira, da escritora Maíra Castanheiro, e 

Moluscontos, uma coletânea de histórias do Molusco, um dos grandes nomes do cenário canábico brasileiro.

Para conhecer mais sobre Gustavo Colombeck, confira seus perfis nas redes sociais: @colombeck e @chefweedhouse e @chefweedclub.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *