Greve dos educadores do Paraná é encerrada por ampla maioria

Compartilhe esta notícia.

Maioria dos 10 mil participantes deliberaram pelo fim da greve. Foto: Luciano Palagano.

Em assembleia realizada na manhã desta terça-feira, 09 de junho, mais de 10 mil professores e educadores de escolas públicas do Paraná decidiram, por ampla maioria, aceitar a proposta de reajuste salarial e encerrar a greve, que durou mais de 70 dias no ano de 2015 (29 dias nos meses de fevereiro e março e os outros 40 dias desde o dia 27 de abril).

A assembleia da categoria foi realizada pela APP Sindicato no estádio da Vila Capanema, em Curitiba, com a presença de professores de todo o Paraná.

A recomendação é que as aulas reiniciem já nesta quarta-feira, 10 de junho, e o calendário de reposição e os problemas de infraestrutura serão negociados com o governo estadual. De acordo com o presidente da APP Sindicato, Hermes Leão, durante discurso no estádio, a greve está encerrada mas os educadores continuarão vigilantes e lutando contra a retirada de direitos.

“Não vencemos na questão previdenciária mas a greve alcançou legitimidade com a população e quem saiu derrotado e desgastado foram os poderes constituídos”, declarou Hermes Leão, referindo-se ao governador Beto Richa e os poderes executivo, legislativo e judiciário do Paraná.

Proposta aprovada

O projeto de lei deverá estabelece uma regra para os próximos três anos:

– Outubro de 2015: pagamento de 3,45% (referente a inflação de maio a dezembro de 2014);
– Janeiro de 2016: pagamento da data base referente a 2015 (aproximadamente 8,5%);
– Janeiro de 2017: pagamento da data base referente ao ano de 2016 + 1% (de ganho real);
– Maio de 2017: pagamento da inflação (IPCA) referente ao período de janeiro a abril de 2017;
– Retirada do Artigo 2º, que condicionava o pagamento a disponibilidade financeira do Estado;
– Retirada do Artigo 6º do texto do PL da data base (que acabava com o PSPN Paraná).

Com informações de Pedro Carrano
Edição de Paula Zarth Padilha
Terra Sem Males

3 thoughts on “Greve dos educadores do Paraná é encerrada por ampla maioria

  • 9 de junho de 2015 em 13:27
    Permalink

    É uma vergonha esses professores do paraná tudo uma cambada de vagabundos tá certo o governador Beto Richa, imagine só se cada trabalhador que ganha menos de 4.700$$ reais que é o salario dos professores, trabalhor que ganha um SALARIO MINIMO de 754$$ reais fizesse greve imagine se o policial militar que arisca sua vida pra salva a de outras pessoas e que ganha apenas 3000$$ reais fizesse greve nós não ia ter mais segurança assim como o corpo de bombeiro ganha isso pra salva vidas nós não ia ter mais vidas salvas tudo um bando de filhos da putas e o pior quem acaba prejudicado em tudo isso é os alunos que se fodem principalmente os alunos que estudam no Ceebjas do paraná vão ter mais carborarios pra terminar os estudos é uma merda esses professores tudo um bando de diabos deveriam morrer tudo i pro inferno

    Resposta
  • Pingback: Educadores e educadoras do Estado decidem encerrar greve | Professora Josete

  • Pingback: EDUCAÇÃO E RESISTÊNCIA | Terra Sem Males

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *