|GV Inferior| Furacão no G4

Compartilhe esta notícia.

Por Roger Pereira
Terra Sem Males

Com um Weverton em noite quase perfeita, uma defesa segura, fulminante no contra-ataque e implacável com as falhas do adversário, o Furacão venceu o Cruzeiro, nesta segunda-feira, no Mineirão, chegou as 23 pontos, assumindo a quarta posição do Campeonato Brasileiro.

A postura do time na vitória diante da Raposa, mostra o retrato do que se pode esperar do Furacão na atual temporada. Uma equipe tecnicamente limitada, mas taticamente disciplinada e, por isso, bastante competitiva. Um time com a cara de Paulo Autuori. Ciente de suas limitações, o Furacão foi dominado pelo adversário durante todo o primeiro tempo, com o Cruzeiro chegando a ter 67% da posse de bola.

Mas, bem fechado, não deu muitas chances claras ao adversário e, quando deu, contou com a intervenção precisa de Weverton. Numa falha individual do zagueiro cruzeirense, no meio do segundo tempo, Pablo abriu o placar. Num contra-ataque muito bem tramado, minutos depois, André Lima aumentou a conta. E ainda deu tempo de fazer o segundo dele e o terceiro do Furacão.

A quarta posição, quatro pontos atrás do terceiro lugar (Grêmio) e três à frente do décimo (Atlético-MG) pode até ser o topo que o Furacão consiga alcançar neste Brasileirão, talvez não tenha punch para brigar com Corinthians e Palmeiras. Mas, se conseguir chegar até o final do torneio brigando por uma posição na Libertadores, certamente a torcida ficará bastante satisfeita, voltará a lotar a Baixada e, quem sabe, levar o clube aos 40 mil sócios que a diretoria tanto almeja.

Nas próximas duas rodadas, o Furacão joga em casa e contra dois times da metade inferior da tabela (Vitória e Fluminense). Ótima oportunidade para os atleticanos fazerem sua parte, o time somar esses fundamentais seis pontos e se consolidar entre as equipes que vão brigar por essa vaguinha no torneio continental.

A forma de jogar, do Furacão, no entanto, precisa mudar para essa partida. Se, jogando como time pequeno, o Atlético surpreendeu o Cruzeiro e conquistou esse grande resultado no Mineirão, feito que já tinha conseguido contra o São Paulo, no Morumbi, ao enfrentar adversários mais frágeis e em casa, o Atlético que precisa se impor, mandar nos jogos desde o começo. E, quando precisou fazer isso, teve dificuldades, como nas apertadas vitórias sobre o América, o Figueirense e o Santa Cruz. Está na hora de um grande jogo na Baixada.

Vamos, Furacão!!

anuncio-tsm-posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *