GV Inferior: Reforços de primeira?

Compartilhe esta notícia.

Roger Pereira
Terra Sem Males

Há muito tempo o Atlético não começa uma temporada com o elenco pronto, mantendo a base e contratando reforços pontuais, a pedido do treinador. E, numa análise inicial, as contratações parecem ter dado muito certo. Paulo André já é titular absoluto da zaga e líder natural do elenco. André Lima estreou com dois gols, Vinícius também estreou com gol e já se mostrou decisivo nas assistências, Léo promete fazer uma disputa sadia com Eduardo pela titularidade na lateral-direita. E, até Anderson Lopes, mesmo com poucos minutos em campo, já deixou o dele. Ainda faltam estrear Pará e Thiago Heleno.

Apesar do início promissor, é sempre bom ponderar o baixo nível do campeonato estadual, que não pode servir de referência para medir a qualidade do elenco para as competições nacionais e lembrar o passado recente dos reforços, para se ter um pé atrás sobre o desempenho desses jogadores contra adversários mais qualificados. André Lima e Anderson Lopes, por exemplo, formavam, ano passado, a dupla de ataque do rebaixado Avaí. Thiago Heleno quase caiu com o Figueirense. Paulo André, que despontou para uma carreira de sucesso no Furacão das Américas de 2005, pouco jogou pelo Cruzeiro no ano passado, assim como Léo, outro que volta ao clube, depois de passagens apagadas por Flamengo e Internacional, amargando banco e contusões.

No entanto, o Atlético tem essa política e um histórico de sucesso em buscar jogadores em baixa e os reabilitar. Num passado recente tivemos os casos de Wesley, Madson e Maicon Leite. Mas o melhor exemplo é Walter, que chegou no meio do ano passado, descontente com a reserva no Fluminense e, mesmo visivelmente fora de forma, foi o artilheiro rubro-negro no Brasileirão e virou ídolo rapidamente.

O trabalho de recuperação no Atlético, foi, inclusive, o fator decisivo para a permanência do atacante na Baixada e, neste ano, com a preparação adequada e, ao menos por enquanto, a vitória na briga com a balança, o ex-gordinho promete barbarizar.

Assim, além das contratações já mencionadas, com destaque para Vinícius que resolve uma carência no meio de campo atleticano, os grandes reforços do Furacão para 2016 foram as permanências dos ídolos Walter, Otávio, que foi citado pelos jornais ingleses como um dos jogadores brasileiros que os clubes da Premier League deveriam contratar e Weverton, que vem se firmando como um dos melhores goleiros do país.

anuncio-tsm-posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *