Jornalismo sindical: “Não é com retórica, é com dados”

Compartilhe esta notícia.

Por Regis Luis Cardoso
Terra Sem Males

Último dia do 4 Seminário Unificado de Imprensa Sindical, que acontece na capital paranaense, debateu os temas, no período da manhã; “Lei antiterrorismo e a criminalização dos movimentos sociais” e o tema “Fazemos jornalismo sindical?”.

Na discussão mais específica, sobre jornalismo sindical, Guilherme Carvalho, professor, jornalista e um dos integrantes da mesa, cravou: “não é com retórica, é com dados”.

Carvalho fez uma fala baseada na crise do atual modelo de jornalismo hegemônico e usou da frase emblemática para enaltecer o aumento da mídia independente e a importância de inovações dentro do segmento.

Participaram desta mesa, além de Guilherme Carvalho, Henrique Pereira, publicitário e especialista em comunicação sindical, que mostrou a importância de pesquisa e técnicas de marketing dentro da comunicação sindical. Além de Paula Brandão, coordenadora da Secretaria Nacional de Comunicação da CUT, que ampliou a discussão ao mostrar a estrutura e a linha editorial da Central.

anuncio-tsm-posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *