Mobilização garante prazos para ressarcimento causados por enchente no Paraná

Compartilhe esta notícia.

Foto: MAB

Depois de 8 meses de luta, na última sexta-feira (13), famílias atingidas pela enchente no Rio Iguaçu, causada pela abertura das comportas da UHE Salto Caxias, obtém prazos para resolver a efetivação do pagamento dos danos sofridos pela enchente conforme o cadastramento.

Ao se manifestarem mais uma vez em frente à COPEL, a companhia reafirmou que fará a reposição das perdas através de um valor monetário, dependendo apenas da aprovação da diretoria da empresa, que irá se reunir no dia 17 de março, para votar a autorização do início das tratativas com os atingidos.

Em seguida, previsto para o dia 19 de março, a Copel se reunirá com a coordenação nos municípios para planejar o cronograma de ressarcimento e posteriormente encaminhar com cada uma das famílias que serão atendidas para acordar como será feito o pagamento.

São conquistas que só a luta faz valer para garantir e ampliar direitos.

Fonte: Movimento dos Atingidos por Barragens

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *