No aniversário da Torcida Fúria Independente, do Paraná Clube, só os três pontos podem amenizar a dor

Compartilhe esta notícia.

por Marcio Mittelbach
Guerreiro Valente, Terra Sem Males

Se existe algo no presente que podemos nos orgulhar é a evolução da nossa Torcida Organizada. Se o Clube perdeu o embalo e respira por aparelhos, a Torcida Fúria Independente cresceu e é hoje referência nacional. Com organização, padronização e apoio incondicional ao Paraná Clube, a Fúria tem provado ao país que é possível, sim, uma torcida organizada ser íntegra e fazer a diferença no futebol.

Uma relação de amor que teve um de seus momentos mais simbólicos em 2013, quando a Torcida pagou para estampar a Camisa do Tricolor. Na época com salários atrasados, o patrocínio deu uma dose extra de esperança à luta daquele ano. E de onde veio o dinheiro? Dos uniformes vendidos, das rifas, de milhares de cervejas vendidas no boteco da TFI, local sagrado para o nosso torcedor.

Desde 1993, muita água passou por debaixo dessa ponte. Fomos Penta, representamos de forma honrosa o Estado na primeira divisão por mais de uma década e chegamos à Libertadores. Vivemos hoje dias difíceis, mas é por saber que temos o alicerce, uma torcida apaixonada e comprometida, é que não desistiremos.

Por respeito a essa história é que os nossos atletas terão hoje, 29/9, às 21h, que se multiplicar no gramado do Serra Dourada e buscar os três pontos. Não mudará em nada nossa realidade, mas será um regalo mais que merecido aos guerreiros valentes que, há exatos vinte e três anos, fazem o coração da TFI pulsar.

PS.: Neste sábado, dia 1º/10, tem festa na TFI e restam poucos ingressos.

Confira aqui o texto sobre Cinco jogos inesquecíveis no Serra Dourada

anuncio-tsm-posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *