Pés no chão: presidente do Paraná Clube fala após derrota

Compartilhe esta notícia.

por Marcio Mittelbach
Guerreiro Valente, Terra Sem Males

Difícil falar de um jogo – 1 x 2 Vila Nova – em que o goleiro adversário opera milagres, o juiz dá aquela garfada e o nosso time perde jogando bem. Em meio a essa tormenta, com a cabeça cheia de incertezas, ligo o rádio e quem está lá? O presidente do Clube, aquele que tem a caneta, que contrata, que erra, que acerta. O alvo número um das críticas.

O simples fato de ele estar ali, dando a cara para bater em um momento de frustração já é de se louvar, mas ele foi além. Leonardo Oliveira foi para a coletiva de imprensa não para culpar a arbitragem, que mais uma vez errou contra o Paraná, ou a torcida, que não tem comparecido, ele estava ali para conter a passionalidade dos mais exaltados.

O presidente cumpriu o seu papel de líder e nos chamou para a realidade. Estamos longe de ser favoritos ao acesso, é verdade, mas também estamos longe de ser aquele clube falido, com salários atrasados, sem credibilidade, prestes a fechar as portas. Uma derrota, ainda mais da maneira que foi, jamais pode apagar o mérito de todo um trabalho.

Quando perguntado sobre qual é o objetivo do Paraná nesse campeonato, Oliveira foi taxativo: ganhar os próximos três pontos. E não poderia ser diferente. Talvez o nosso grande erro nesses oito anos de série B foi buscar o acesso de maneira quase que doentia, sem projeto, sem profissionalismo, como se o peso da nossa camisa fosse por si só nos devolver para a Série A. Não vai!

Ser imediatista agora e ficar lamentando cada ponto que jogamos no lixo só vai aumentar a dor de cabeça no dia seguinte. Prefiro manter os pés no chão, criticar o juiz, chamar a atenção dos atacantes, mas seguir em frente, com a consciência de que o trabalho está sendo bem feito e com a alegria de saber que sábado tem mais uma batalha – contra o Atletico-GO.

Temos o alicerce: uma torcida apaixonada e uma história fascinante, repleta de conquistas. Mas para que o Paraná volte a ser gigante será preciso uma reconstrução lenta e segura. Um tijolo de cada vez.

anuncio-tsm-posts

One thought on “Pés no chão: presidente do Paraná Clube fala após derrota

  • 15 de setembro de 2016 em 15:28
    Permalink

    Parabéns Leonardo,siga e frente.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *