Protesto criticou fechamento de vagas em berçários nos centros municipais de educação infantil

Compartilhe esta notícia.

Mães e pais conseguem reunião com secretária de educação

Por Phil Batiuk
Sismuc

“Eu confio no cmei e não tenho condição de pagar particular”. A frustração de Cibelle de Almeida dos Santos teria motivado a mobilização. “Organizamos todo o movimento em 15 dias. Acionamos outros grupos de mães e pais, a Imprensa, o sindicato. Fico feliz que seremos ouvidas”, conclui ela, que é professora de educação infantil na Prefeitura Municipal de Curitiba.

A manifestação teve o apoio de parlamentares, que se pronunciaram em repúdio à postura da administração municipal e solidarizaram com o grupo. “É um direito das crianças. O cmei não é só um espaço de cuidado, mas também de educação. Sabemos que a secretaria de educação vem tentando resolver a demanda, mas também cometeu um erro, que foi fechar os berçários por conta das obras não terem ficado prontas”, critica a vereadora Professora Josete.

O Sismuc vem denunciando a situação desde outubro de 2015, mas somente após a manifestação de hoje a gestão concordou em conversar. “É uma pena que tenha sido necessário atingir a população e sensibilizar a Câmara para que a Prefeitura desse mais informações. Agora é preciso reverter o fechamento e convocar os professores de educação infantil que já foram aprovados em concurso”, aponta Soraya Zgoda, coordenadora do sindicato.

Leia mais no site do Sismuc

anuncio-tsm-posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *