Senadora Gleisi Hoffmann critica Fruet por causa do metrô

Compartilhe esta notícia.

Prefeito pediu mais R$ 463 milhões aos quase R$ 2 bi já destinados pela União.

Gleisi Hoffmann criticou o prefeito de Curitiba Gustavo Fruet e o governador Carlos Alberto Richa por causa do Metrô. Foto: Divulgação.

A senadora Gleisi Hoffmann criticou o prefeito de Curitiba Gustavo Fruet e o governador Carlos Alberto Richa por causa do Metrô. O “puxão de orelha” veio após Fruet pedir mais R$ 463 milhões para as obras na capital. Em manifestação nas redes sociais, a senadora recordou que a presidente Dilma Rousseff já veio duas vezes a Curitiba apenas para lançar o projeto. Segundo Gleisi, o Governo Federal já destinou quase R$ 2 bilhões para o projeto que não avança devido a disputa política entre prefeito e governador.

Gleisi reclamou: o prefeito Gustavo Fruet anuncia que está pedindo ao governo federal que amplie em mais R$ 463 milhões os recursos orçamentários para o Metrô. Ou seja, demorou-se tanto a encaminhar o assunto que os recursos não são mais suficientes e precisam ser aumentados antes mesmo da licitação”.

Quanto ao governador, a queixa aborda as manobras eleitoreiras: “Atitudes demagógicas de Beto Richa, que usou a tarifa para se eleger e para se reeleger, parecem ser a principal razão para o desequilíbrio financeiro do sistema. Depois da eleição, (Richa) mudou o discurso, dizendo não ser correto que o Estado se responsabilize por despesas dos municípios.

Integração
No lugar do metrô, Gleisi Hoffmann sugere retomar a integração do transporte desfeita pela disputa política. “Sugiro ao prefeito Gustavo que refaça o debate com a Capital e com as autoridades das cidades vizinhas e também do governo estadual: será que a prioridade é mesmo o Metrô? Vamos investir quase seis bilhões de reais durante vários anos enquanto o sistema tradicional se desmancha?, ressaltou

Por Manoel Ramires
Terra Sem Males

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *